Campanhas em alerta, o indulto e mais


O vice

Enquanto o candidato continua no hospital, o vice anda por aí distribuindo barbaridades pela boca. Em palestra nesta segunda (17), General Mourão (PRTB) disse que famílias pobres “sem pai e avô, mas com mãe e avó” são “fábricas de desajustados”.

Criticou ainda a política externa dos anos de Lula: “Nós nos ligamos com toda a mulambada, me perdoem o termo, do lado de lá e de cá do oceano na diplomacia Sul-Sul”.

Frases ofensivas!

A esposa de Bolsonaro

A esposa de Bolsonaro, Michelle, queria gravar vídeos para amenizar a imagem do candidato entre o eleitorado feminino, mas com a argumentação de segurança, foi vetada.

Informações Radar

Marina em alerta

Em queda nas intenções de votos, Marina Silva aumentou o tom em críticas ao PT e começou a usar memes para movimentar seus seguidores nas redes sociais.

Alckmin em alerta

Integrantes da campanha do tucano avaliam como real a possibilidade de uma fuga de aliados dos partidos do “centrão/direitão” na reta final para Bolsonaro e Ciro Gomes.

Informações da Andreia Sadi

O indulto

Tão discutido ultimamente, até para colocar em Fernando Haddad o carimbo de “o libertador de Lula”. Em entrevista ao G1 e Rádio CBN o assunto foi destaque, o petista disse que se eleito, não dará o indulto ao ex-presidente.

Ciro no Sudeste

Assim como no começo da campanha, Ciro volta ao Rio e São Paulo, o foco é manter seus números de intenções de voto próximos a Fernando Haddad, que segundo as últimas pesquisas, começou a herdar os votos do ex-presidente Lula.

Ainda sobre a urna

Como era esperado, a presidente do TSE, ministra Rosa Weber falou sobre as “desconfianças” de Bolsonaro em relação às urnas eletrônicas:
“Temos 22 anos de utilização de urnas eletrônicas. Não há nenhum caso de fraude comprovado. As pessoas são livres para expressar a própria opinião, mas quando essa opinião é desconectada da realidade, nós temos que buscar os dados da realidade. Para mim, presidente do Tribunal Superior Eleitoral, as urnas são absolutamente confiáveis”, enfatizou a ministra.

2 Comentário

  1. Criticou ainda a política externa dos anos de Lula: “Nós nos ligamos com toda a mulambada, me perdoem o termo, do lado de lá e de cá do oceano na diplomacia Sul-Sul”.

    Neste ponto ele esta certo e ainda foi elegante , no governo do PT , ligaram o Brasil
    com ditadores , mas é o próprio PT que diz ser contra a ditadura , ou não ?

  2. Em entrevista ao G1 e Rádio CBN o assunto foi destaque, o petista disse que se eleito, não dará o indulto ao ex-presidente.

    Se der o indulto a Lula , que tal soltar o esfaqueador do Bolsonaro também ?

    Bandido por bandido , até Barrabás foi libertado .

Deixe uma resposta