Campanha de Hildebrandt divulga nota de esclarecimento sobre decisão judicial

Foto: PMB

A campanha de Mário Hildebrandt (Podemos), candidato à reeleição em Blumenau, fez uma nota oficial sobre a decisão judicial deste sábado, proibindo a presença do prefeito em lives oficias, como aconteceu na última quinta-feira, quando da alteração de Alto para Grave da cidade na matriz de risco do Governo.

Escrevemos sobre aqui. A nota estpa abaixo.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Referente à decisão da Justiça Eleitoral, sobre coletiva de imprensa realizada pelo Prefeito Mário Hildebrandt na última quinta-feira, temos a informar que, apesar de não se concordar com a decisão judicial, não há interesse na apresentação de recurso, pois a participação do Prefeito Municipal objetivou, única e exclusivamente, bem informar a sociedade blumenauense sobre a alteração do grau de risco da região de Blumenau na matriz do Governo do Estado, passando de alto para grave, com impactos em diversas atividades em segmentos variados.

A legislação eleitoral não veda – ao contrário, permite! – a publicidade institucional para a comunicação à população da ampliação de medidas sanitárias que se entendem necessárias para o enfrentamento à pandemia do Coronavírus, e a participação do Prefeito Municipal buscou, justamente, frisar a importância desse momento singular, informando a população das novas medidas restritivas existentes no atual cenário de enfrentamento ao coronavírus.

Coordenação de Campanha do Candidato a Prefeito Mário Hildebrandt

4 Comentário

  1. Prefeito Mário, essas eleições vão acabar no primeiro turno! com o senhor eleito para continuar o seu trabalho frente à cidade. Eu acredito 19 e 19555.

  2. Aaahh. Mais um detalhe caro Cícero. Já que deves ficar um pouquinho aborrecido com minha pessoa, você de ser um deste parasitas comissionados da nossa prefeitura…não é mesmo??…defendendo um politiqueiros metido a cristão….rrsss….

  3. Caro James, informo que não sou o “Cícero” acima, que comumente comenta aqui.
    Certamente há muitos Cíceros em nossa cidade.
    Abs.

Deixe uma resposta