Câmara de Blumenau vai analisar a municipalização do SESI e vereador sugere construir sede do Legislativo no Complexo

Foto: Secom PMB

A Câmara de Blumenau aprovou na sessão desta quinta-feira, 29, o Requerimento 716/2021, de autoria do presidente Egídio Beckhauser (Republicanos), que constitui Comissão Temporária Especial para acompanhar o processo de municipalização do Centro Esportivo Bernardo Werner, o SESI.

De acordo com o requerimento, a Comissão deverá ser formada por 5 membros com assento na Casa, com prazo de duração de 90 dias.

Os vereadores Alexandre Matias (PSDB) e Ito de Souza (PL) ressaltaram a importância de a Câmara estar fazendo parte dessa discussão, uma vez que foi o local onde surgiu a ideia da municipalização que agora poderá sair do papel.

Ponto para o presidente Egídio e ponto para a Câmara. É um tema complexo, que mexe com recursos públicos e com a comunidade. Tem que ser debatido, até porque a proposta está longe de ser consenso e, por isso mesmo, merece ser olhado pelos vereadores.

O tucano Alexandre Matias foi além. Sugeriu que ali pode ser o espaço para o tão sonhado – e polêmico – projeto de se ter uma sede própria do Legislativo. Ele diz que lá pode funcionar o Centro Administrativo Municipal. 

 

1 Comentário

  1. Municipalização do SESI , porque não passam para a iniciativa privada ?
    Com a municipalização vão surgir cargos comissionados em todas as esferas , elevação de custos aos cofres públicos e com certeza absoluta , vão querer acomodar os dois times de Blumenau , que são empresas privadas , que possuem como dirigentes pessoas ligadas a vereadores e políticos . Estão articulando para concretizar um projeto que nunca conseguiram , que é ter um estadio de futebol para os times de Blumenau , que são empresas privadas.
    O tempo dirá , aguardem .

Deixe uma resposta