Câmara de Blumenau terá sessão remota e pela manhã a partir do dia 7

Foto: Lucas Prudêncio/CMB

A Câmara de Vereadores aprovou um projeto de resolução que altera, temporariamente, o horário de início das sessões da Câmara de Blumenau para as 9 horas a partir do dia 7 de julho. Também foi aprovado requerimento que autoriza as reuniões da Câmara de Vereadores em caráter remoto a partir da mesma data, sempre às terças e quintas-feiras, como forma de prevenção à disseminação da Covid-19.

Os vereadores definiram que os parlamentares poderão participar da sessão de seus gabinetes ou de suas residências, e os pronunciamentos serão gravados antecipadamente e exibidos durante a reunião, que deverá ser transmitida pela TV Legislativa no canal 14 da Net e pelo site da Câmara. As comissões permanentes estão previstas para serem realizadas às 8h e 8h30 às terças-feiras e às 8h, 8h20 e 8h40 às quintas-feiras.

Pois é.

A sessão acontecer pela manhã no segundo semestre é uma tradição, uma má tradição em ano eleitoral. Fica meio sem sentido com a PEC aprovada ontem na Câmara dos Deputados, que adia a eleição para novembro e mexe com os prazos eleitorais. A campanha, por exemplo, começará na última semana de setembro e não mais na segunda quinzena de agosto.

Já a sessão remota foi uma possibilidade aventada depois da casa registrar o primeiro servidor infectado pelo vírus, com outros suspeitos, isso há duas semanas. Com os pronunciamentos podendo ser gravados com antecedência, me parece que as sessões remotas tem tudo para acontecer naquele ritmo vapt vupt.

Não dá para botar só na conta da pandemia.

No começo do ano, o Informe postou que ano eleitoral era um ano de pouco trabalho no Legislativo, seja ele qual for, ainda mais no Municipal, por conta da campanha no segundo semestre, com a maioria buscando a reeleição.

Teve gente que torceu o nariz e não gostou, achou que eu exagerava. Se repete, com o diferencial do Coronavírus.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta