BTG Pactual: Bolsonaro tem 30% e Ciro 12%

A 1ª pesquisa realizada inteiramente após o atentado sofrido na última 5ª feira pelo candidato do PSL a presidente, Jair Bolsonaro, indica que ele chegou a 30% das intenções de voto. O levantamento foi realizado pela FSB Pesquisa, que foi contratada pelo banco de investimentos BTG Pactual.

Jair Bolsonaro (PSL): 30,0%
Ciro Gomes (PDT): 12,0%
Marina Silva (Rede): 8,0%
Geraldo Alckmin (PSDB): 8,0%
Fernando Haddad (PT): 8,0%
João Amoêdo (Novo): 3,0%
Alvaro Dias (Podemos): 3,0%
Henrique Meirelles (MDB): 3,0%
Guilherme Boulos (PSOL): 1,0%
Cabo Daciolo (Patriota): 1,0%

Nenhum/Não respondeu: 17,0%
Indecisos: 7,0%

Como a margem de erro é de 2 pontos percentuais, no cenário acima, Ciro Gomes está tecnicamente empatado com Marina Silva, Geraldo Alckmin e Fernando Haddad.

A pesquisa ainda tem um cenário em que o nome do ex-presidente Lula aparece como candidato do PT, neste caso, Bolsonaro lidera com 26% e Lula, em segundo, com 12,0%.

Apoio de Lula a Haddad

A pesquisa também sondou quais eleitores que votariam, com certeza, no ex-presidente Lula e poderiam transferir o voto ao ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad. 63% afirmaram que não votariam de jeito nenhum, enquanto 20% disseram votar com certeza. 12% apontam que poderiam votar e 4% ainda estão indecisos.

Rejeição

Ao serem questionados sobre os candidatos que não votariam de jeito nenhum, os entrevistados apontam Marina Silva como a mais rejeitada, com 64%. Em seguida, Alckmin aparece com 61%.

Fernando Haddad e Henrique Meirelles aparecem empatados, ambos com 52%. Entre os nomes testados, Ciro Gomes e Bolsonaro aparecem com 51%.

O estudo entrevistou 2.000 pessoas em todo o país, nos dia 8 e 9 de setembro (sábado e domingo). A margem de erro é de 2 pontos percentuais. O registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é BR-01522/2018.

Fonte: FSB Pesquisa / BTG Pactual

1 Comentário

Deixe uma resposta