Blumob não repassa inflação para os trabalhadores do transporte coletivo de Blumenau

Foto: Justiça do Trabalho

A Blumob, empresa que opera o transporte coletivo de Blumenau, decidiu ignorar a solicitação do desembargador Roberto Guglielmetto, feita ao término da segunda e última reunião de negociação mediada pela Justiça do Trabalho. Na oportunidade, no último dia 2, o desembargador decidiu que o dissídio coletivo iria ser julgado por um colegiado do Tribunal, mas sugeriu que o pagamento da reposição da inflação – 2,67% – fosse feito na folha de novembro, paga nesta sexta-feira.

Mas, com o contracheque na mão, os trabalhadores perceberam que a reposição não veio.

A Blumob está apostando no litígio, pois sabe que é obrigada a fazer esta reposição. Posterga o pagamento para enfrentar o sindicato, nesta queda de braço que apenas o usuário é prejudicado.

Lembrando que o ponto sem acordo na última reunião da Justiça do Trabalho foi a proposta, também feita pelo desembargador  Roberto Guglielmetto, foi a inclusão na convenção coletiva de uma cláusula concedendo aos trabalhadores participação nos lucros e resultados da Blumob, como já acontece no transporte coletivo de Florianópolis.

Tentei ouvir os argumentos da Blumob sobre o não repasse, mas a empresa só fala quando lhe convém. E preferiu não se manifestar.

2 Comentário

  1. Chama o prefeito Napoleão que assinou com esta permissionária….
    Ah … lembrei…. o Sr. Napoleão “abandonou” seus eleitores…
    Foi cuidar do seu umbigo….
    Vejam que até a ponte…. OPS MAS QUE PONTE…????
    Mas com certeza o aumento das passagens será repassado a nós contribuintes-eleitores no próximo dia 10.12…e pior com aval da câmara – aprovado em regime de urgência – que deveria interceder pelos seus eleitores….
    LASMITMAVEL E LAMENTAVEL

  2. Se usuário for prejudicado quem será punido , a BLUMOB , o sindicato, o desembargador , a prefeitura ou somente o usuário é que e o “bobo ” da historia ?

    Quando será que esta vergonha vai terminar , sempre a mesma coisa e o usuário é que paga o pato .

    Onde estão os vereadores , o Prefeito , a vergonha ?

Deixe uma resposta