Blumenau para Jesus. Na fé e na lei

Neste sábado, 28, acontece a segunda ‘Marcha por Jesus”, evento religioso organizado pela Ordem dos Ministros Evangélicos de Blumenau, a Omeblu, que, por lei municipal, faz parte do calendário oficial da cidade desde 2017.

O autor da lei, aprovada pelos vereadores, é o presidente da Câmara, Marcos da Rosa (DEM), candidato a deputado federal. Além dele, na Câmara, o vereador Jovino Cardoso (PROS) também congrega na mesma Igreja, a Assembleia de Deus. E também é candidato a federal.

Ismael dos Santos, deputado estadual e candidato à reeleição, também é ligado a Igreja, assim como o empresário Andrey Tomazi, candidato a estadual pelo DEM, em dobradinha com Marcos da Rosa.

É um evento religioso, onde são esperadas cerca de cinco mil pessoas. O local de concentração, é simbólico, em frente à Câmara Municipal.

A política e religião, religião e política, se confundem ao longo da história da humanidade. A Igreja Católica não é um um país a troco de nada.

Agora, quem busca ocupar este espaço são outros. Mas sempre em nome de DEUS!

2 Comentário

  1. O que não deve existir são pessoas que se aproveitam da fé de terceiros para galgar cargos políticos .

  2. A laicidade é uma grande utopia ideológica falaciosa; pois TODOS possuem crenças, inclusive (e muito mais) os ateus!

Deixe uma resposta