Ana Paula Lima e Ivan Naatz apresentam suas propostas na Acib

Fotos: divulgação

Nesta segunda-feira, 19, a Diretoria e os Conselhos Fiscal e Deliberativo da Acib receberam a candidata Ana Paula Lima (PT) e Ivan Naatz (PL) em encontros remotos, dando continuidade às reuniões com todos os candidatos à Prefeitura de Blumenau.

“Quero ser a prefeita que vai dar a Blumenau o cuidado que ela sempre mereceu com as coisas e as pessoas”, disse  Ana Paula. Segundo ela, se eleita, a Acib terá um papel importante de parceria com o governo. “Construiremos um planejamento de ações para enfrentarmos os desafios que estão colocados neste momento que estamos vivendo”, apontou.

Segundo Ana Paula, seu plano de governo não é acabado, ele conta com o planejamento participativo. “Temos que aprofundar o processo das políticas sociais, ampliar a saúde básica, precisamos ter uma nova escola para atender os reflexos da revolução tecnológica”, assinalou. Ela quer criar um momento institucional semanal para que, em conjunto com os empresários, possa construir todos os passos a partir de 2021.

Citou ainda projetos de reurbanização para os bairros, ampliar os espaços de caminhada ciclismo e impactar a qualidade do transporte coletivo. “Precisamos de frota nova, moderna e mais horários de ônibus, mais integração entre os terminais e alternativas como os ônibus alpinos e ônibus executivos. Além disso, vamos também iniciar um amplo debate sobre subsídio da tarifa e o estabelecimento da tarifa social e bilhete único”, ressaltou.

Ana Paula ainda falou do compromisso de resolver questões sobre propriedades que não tem registro. Na educação, quer eliminar o déficit de vagas na educação infantil e possibilitar escola em tempo integral e o acesso a novas tecnologias. Também disse que irá investir para amparar os micro e pequenos empreendedores, com crédito subsidiado, sem juros e parcelas acessíveis.

O candidato a prefeito Ivan Naatz (PL) participou na sequência. Ele falou sobre a trajetória política e o trabalho na Assembleia Legislativa. “Acredito na região metropolitana como grande pauta da nossa região. Temos que trabalhar com pautas coletivas e integradas em todos os setores, desde o planejamento urbano, segurança pública, saneamento básico, todas de forma regionalizada”.

Naatz criticou a ausência de planejamento na administração pública, especialmente no que diz respeito à mobilidade urbana. Citou projetos como Blumenau do Futuro e Blumenau 2050 que, segundo ele, foram desenvolvidos por gestões passadas, mas não tiveram continuidade. “Mesmo diante desses planos, foram tomadas decisões diferentes do que estava previsto. Não vamos enfrentar nossa política de mobilidade urbana se não tivermos um plano de ações de curto, médio e longo prazo”, apontou.

Em curto prazo, citou ações como mais corredores de ônibus, Centro Vivo e reurbanização de algumas vias da cidade. Em médio prazo, ações previstas no Blumenau 2050, como asfaltamento completo da cidade e nova ponte na região central. Em longo prazo estariam obras como a ligação Velha Garcia.

Também falou dos compromissos com modernidade, diminuição do tamanho da máquina pública, auditoria de contratos já estabelecidos com a Foz e a Blumob, valorização do Pronampe e parceria com o Governo Federal.

Fonte: Acib

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta