A polêmica declaração de Ciro e mais…

Ciro Gomes e Fernando Holiday

Eu gosto de assistir as entrevistas dos presidenciáveis no Jornal da Manhã da Jovem Pan, lá tudo fica mais solto e acabamos por conhecer melhor os nossos futuros candidatos.

Quem esteve por lá nesta segunda-feira, 18, foi o pré-candidato pelo PDT Ciro Gomes.
A sabatina foi em um bom nível, devido ao conhecimento de Ciro em economia.

Em determinado momento, Ciro ao falar sobre provável aliança com o Democratas do presidente da Câmara, chamou o vereador da cidade São Paulo, Fernando Holiday de “capitãozinho do mato”.

“Por exemplo, aqui em São Paulo eles têm esse Fernando Holiday, esse capitãozinho do mato.”

Ciro disse tal frase pouco tempo depois de responder sobre o seu temperamento.

Tal declaração acabou por atiçar a internet que agora se divide entre os defensores e acusadores do ex-governador do Ceará, de uma lado os que viram na declaração uma ofensa racial e do outro os que pregam que outro tipo de interpretação.

O vereador que é ligado ao MBL já se pronunciou sobre o ocorrido: “em viagem pelo estado do Amapá fui informado de que fui alvo de ofensas raciais por parte do ex-ministro Ciro Gomes, que se referiu a mim como ‘capitãozinho do mato. A gravidade do ato foge da esfera política. Não se trata de divergência ideológica, mas de injúria racial pura e simples. Justamente por isso irei processar o pré-candidato. Nossa conversa será na Justiça.”

Ciro nem foi perguntado sobre o assunto quando fez tal declaração.

DEM #chatiado

A ala de dirigentes do Democratas que gostaria muito de ver o “casório” com Ciro sair, não gostou nada dos ataques que o pedetista fez contra o vereador paulistano Fernando Holiday. Integrantes do partido acham que esse tipo de declaração contra um representante do DEM inviabiliza qualquer avanço nas negociações.

Álvaro Dias prepara “a metralhadora”

O pré-candidato pelo Podemos já tem um plano caso não consiga apoio de nenhum partido. Álvaro declarou que irá adotar um “tom mais agressivo” em sua proposta de “refundação da República”. “Iremos atrás do apoio maciço da população. Sozinho não ficaremos”, afirmou.

Dias, já havia declarado que negocia com DEM, PRB, PR, PP e PSC.
Partidos que estão negociando com todo mundo.

Informações do BR18

O caso de amor de Rocha e Doria

Clicados em vários momentos juntos, João Dória (PSDB) e Flávio Rocha (PRB) se encontraram mais uma vez, desta vez para ver o jogo do Brasil.

O pior é que esse “relacionamento” está se fortalecendo, não vemos mais nem sinal do “ex” Geraldo Alckmin.

Neca longe de Marina

Uma das mais próximas apoiadoras das campanhas de Marina Silva em 2010 e, principalmente, 2014, a socióloga Neca Setúbal, acionista do Itaú, está afastada da terceira tentativa da senadora de chegar ao Planalto. À Folha, Neca afirma que continua amiga de Marina, lembra a experiência “agressiva” da campanha de 2014 e diz não saber sequer se vai declarar voto nesta eleição. “Minha postura será apartidária.”

1 Comentário

  1. De Ciro Gomes não esperamos nada , quem esteve mamando nas tetas do PT não tem moral para apontar o dedo a ninguém . Esperamos que consiga no máximo uns 10 votos .

Deixe uma resposta