A PM e os atos deste sábado em Blumenau

Na sexta-feira, em conversa com o comando da PM de Blumenau, foi dito que a corporação garantiria a segurança para o livre direito de expressão para os dois atos, previstos praticamente para o mesmo horário de sábado, pró e contra Bolsonaro.

Foi o que realmente aconteceu. Mas ao contrário do que havia sido anunciado, a PM não evitou o encontro da carreata a favor do presidenciável com o ato organizado pelas mulheres contra ele.

Permitiu, fazendo um cordão isolamento com o pelotão tático fortemente armado voltado para os manifestantes que estavam na praça Dr. Blumenau.

Outra coisa que chamou atenção, foram os dados de público divulgado pela PM para o jornalismo do Grupo NSC e G1. Diz que tinham 460 carros na carreata pró-Bolsonaro, com cerca de mil pessoas, e que a manifestação na Praça Doutor Blumenau tinha 150 pessoas.

Não sei de que forma a estimativa foi realizada, mas trago algumas imagens feitas pelo Informe Blumenau, para ver se os dados apresentados pela Polícia Militar conferem.

Os primeiros vídeos são da carreata, que acompanhamos assim que ela chegou avenida Beira Rio.

Agora um vídeo do ato na Praça Doutor Blumenau.

Por fim, dois vídeos da caminhada.

2 Comentário

  1. “Mulheres unidas contra Bolsonaro ” ????

    Porque não foram as ruas fazer campanha a favor dos candidatos que defendem ?

    São contra Bolsonaro ? E a favor de quem ?

    Façam campanha para seus candidatos e respeitem a democracia que tanto querem .

Deixe uma resposta