A mudança no voto do presidente do PMDB em SC

Um dos votos que chamou a atenção na avaliação da segunda denúncia contra o presidente Michel Temer foi o do presidente do PMDB de Santa Catarina, Mauro Mariani.

Assim como o ex-prefeito de Blumenau, João Paulo Kleinübing (PSD), Mariani, que é pré-candidato ao Governo do Estado, mudou de voto e foi a favor da investigação.

Mariani pediu recentemente a renúncia da cúpula nacional do seu partido.

Sobre a mudança de posição, ele justifica.

“Eu já vinha batendo na tecla da renovação dentro do PMDB, ao pedir a renúncia da executiva nacional, denunciada pela PGR. Mas não me ouviram. No momento da primeira denúncia o Brasil precisava se restabelecer e agora o País está saindo da crise. Mas notadamente a economia descolou da política.”

1 Comentário

  1. 2018 te espera, maurinho marianizinho pequenininho, microscopiozinho!

    O teu partidinho é o segundinho piorzinho que este Brasil já teve, haja visto o apoio que durante 13 fatídicos anos vocês, degenerados e decadentes deram ao ptzinho.

    Em 2018 nos VINGAREMOS de vocês todos.

    O diabo que os carregue!

    Alcino Carrancho

    (Ansioso por 2018)

Deixe uma resposta