A licença de Bruno Cunha

Foto: Lucas Prudêncio | Imprensa CMB

O vereador Bruno Cunha (PSB) não participa das sessões a partir desta quinta-feira, 14, durante um mês. Pediu licença para tratamento médico. Apesar de ter direito, abriu mão da remuneração.

Bruno comemorou como último ato na sessão de terça a aprovação do Fundo Municipal do Bem Estar Animal, uma luta sua que se transformou em lei. O Fundo terá recursos de multas e de parcerias com a iniciativa privada.

Bruno abre espaço para o suplente Dr. Carmo e faz uma sinalização importante. Dr. Carmo já havia trocado o PSB pelo Cidadania e este deve ser o caminho de Bruno, que é cauteloso ao tratar este assunto com receio de uma punição partidária, mas trabalha neste sentido.

Identificou-se com o Cidadania por conta da sigla abrir espaços para grupos suprapartidários e tenta viabilizar a legenda para ter uma nominata consistente em 2020. A vinda da deputada federal Carmen Zanotto a Blumenau nesta quinta, ela que é presidente do Cidadania em SC, está dentro do contexto.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta