Mais um golpe no jornalismo tradicional

O jornalismo tradicional cada vez mais é conflitado pela realidade mercadológica e pelas novas tendências proporcionadas pela Internet. As grandes empresas de comunicação preferem encolher do que ousar.

O grupo RBS dá mais uma demonstração neste sentido, ao anunciar  reformulações no Diário Catarinense, carro chefe dos veículos impressos em SC. Entre elas a unificação da edição do fim de semana, a exemplo do que acontece na versão impressa do Jornal de Santa Catarina. Notícia nova só entra até o começo da noite de sexta-feira, depois só na segunda-feira.

Mas bacana é a fala da empresa, garantindo a ampliação do conteúdo. Como assim, reduzem um dia e vão aumentar o conteúdo?  Enfim.

Outra coisa que não fica claro é como se dará a mudança do foco editoral do Diário Catarinense. Segundo o comunicado, o jornal vai ser “curador de conteúdo” ( confesso minha desatualização, não sei o que seria isso) e “parceiro” das seis macrorregiões do estado. Prometem mais atenção para o interior do estado, o que é um indicativo do que pode acontecer com o Jornal de Santa Catarina.

Sim, não está fácil para ninguém.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta