Facebook começa a notificar usuários afetados por vazamentos de fotos

Três dias depois de notificar os desenvolvedores sobre um bug que pode ter exposto imagens privadas de 6,8 milhões de usuários, o Facebook começou nesta segunda-feira (17) a enviar uma mensagem explicando o problema para os usuários que potencialmente foram afetados.

Na mensagem, o Facebook explica que o problema não tem nenhuma relação com as configurações de privacidade de publicação do usuário, mas sim com uma falha em uma API da rede social que deveria permitir a alguns aplicativos o acesso somente a fotos compartilhadas de forma pública na plataforma, mas que devido a uma falha esses aplicativos tiveram acesso não apenas a compartilhamentos públicos, mas também a imagens compartilhadas apenas com amigos (como através de um Stories, por exemplo) ou até mesmo a imagens que o usuário fez o upload mas depois decidiu não publicar na rede social, mas que ficam armazenadas nos servidores como rascunho.

O comunicado também mostra uma lista de quais aplicativos utilizados pelo usuário tiveram acesso às suas fotos, revelando que já pediu para essas empresa removerem de seus servidores todo o conteúdo de fotos referente ao usuário, mas recomenda que ele acesse os aplicativos dentro do Facebook para descobrir a quais fotos cada app teve acesso.

Revelada inicialmente no dia 14 deste mês, a falha permitiu o acesso a essas fotos entre os dias 13 e 25 de setembro deste ano, o que significa que qualquer foto não pública que foi postada depois desta data não fez parte da brecha, que segundo dados do Facebook permitiu que 1.500 apps tivessem acesso a todo o acervo de imagens de 6,8 milhões de usuários da rede social.

Fonte: CanalTech

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta