Vigilância Epidemiológica de Indaial realiza força-tarefa de vacinação contra febre amarela

Arte: divulgação PMI

A Vigilância Epidemiológica de Indaial iniciou na última sexta (5) uma força-tarefa de imunização contra febre amarela na região dos bairros Sol e Estados, local com maior incidência de macacos mortos neste ano – dos 14 encontrados, sete são da região. Além disso, é desse bairro que foi confirmado oficialmente pela Vigilância Epidemiológica Estadual, também na sexta, a primeira morte de macaco em Indaial por febre amarela.

A mobilização emergencial prosseguiu no sábado, 6, e abrangeu moradores dos imóveis das seguintes ruas: Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Luís Moser, Bertoldo Trapp, Pioneiros, Bahia, Santa Catarina, Otto Stange, Rondônia, Renato Ferreira de Mello, João Maria de Araújo, Rio Grande do Norte, Baden Powel, Goiás, Mato Grasso Sul, Flórida, Amazonas, Ricardo Geisser, Ricardo Powel e Maranhão.

A enfermeira e coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Sabrina de Vargas Souza, comenta que em média foram vacinadas, somando os dois dias, 70 pessoas. “Identificamos muitos idosos sem vacina. Nesta segunda ainda estaremos vacinando 30 pessoas da Unidade Prisional”, acrescenta.

A febre amarela é uma doença infecciosa transmitida por mosquitos que vivem principalmente na mata pela presença de animais silvestres. A ocorrência de animais doentes ou mortos, especialmente macacos, indica que a doença pode estar presente e que há risco das pessoas também adquirirem a febre amarela. Vale esclarecer que os macacos não transmitem a febre amarela para o homem, na verdade eles são os primeiros a adoecer, por isso alertam os órgãos de saúde do perigo. Em áreas de mata, a febre amarela é transmitida especialmente pelo mosquito Haemagogus. Já na área urbana, o Aedes aegypti, também mosquito transmissor da dengue, pode ser o vetor. Logo, a necessidade de evitar a proliferação do Aedes.

A coordenadora reforça a importância de que os moradores não encontrados em suas residências no fim de semana devem ir até a unidade mais próxima para receber a vacina. “Ela é a forma mais eficaz para evitar a febre amarela, gratuita e está disponível em nossas unidades. Por isso a importância também de todos os munícipes estarem imunizados”, alerta.

Além do horário habitual de atendimento nas unidades, a partir desta quarta-feira, 10, até 25 de julho, será estendido o horário de vacinação, de segunda a sexta, nas Unidades Estrada das Areias, Rio Morto, Carijós e Centro (Heinz Schutz) com distribuição de senhas das 17h às 19h30. Vale lembrar que nas quartas, das 15h às 17h, as unidades estão fechadas para reunião das equipes.

Podem ser vacinados os munícipes com idade entre 9 meses a 59 anos. Usuários com mais de 60 anos e com doenças autoimunes devem ter autorização médica. Eles precisarão passar por consulta médica nas unidades de saúde. Para gestantes está contraindicado receber a vacina.

Fonte: Comunicação PMI

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta