Urnas a serem auditadas são sorteadas

Foi realizado neste sábado, o sorteio das seis urnas que irão participar da auditoria do sistema eletrônico de votação do 2º turno das Eleições 2020, que acontecerá no domingo (29). Uma urna de Blumenau e duas de Joinville foram sorteadas para a auditoria de funcionamento sob condições normais de uso das urnas eletrônicas, também conhecida como Votação Paralela, que ocorrerá na sede da OAB/SC, em Florianópolis. As outras três urnas sorteadas serão auditadas mediante verificação da autenticidade e integridade dos sistemas, que ocorrerá no ambiente da própria seção eleitoral: uma de Blumenau e duas de Joinville.

Durante a cerimônia, o presidente do TRE-SC, desembargador Jaime Ramos, enfatizou que “este procedimento é importantíssimo na demonstração da segurança e da transparência do funcionamento da urna. Para nós, brasileiros, é a urna eletrônica que apresenta em poucas horas os resultados das eleições, mesmo das mais complexas. Um evento que demonstrou ainda mais a importância da urna foi o incidente que ocorreu no dia 15 de novembro no TSE, com o problema que houve em um dos supercomputadores que estava totalizando os votos de todo o Brasil. Os eleitores não aceitaram o atraso na divulgação dos resultados porque é demais esperar mais de três horas para recebê-los. Os eleitores querem saber o resultado logo depois do encerramento da votação, e isso só é possível nessa velocidade com a utilização da urna”.

Por sua vez, o vice-presidente do TRE-SC e corregedor regional eleitoral, des. Fernando Carioni, falou sobre a importância da participação da OAB/SC na auditoria. “A identificação da população civil com a OAB é muito importante. Essa parceria demonstra o que a urna eletrônica representa na garantia do depósito do voto do eleitor. A OAB/SC sempre foi parceira do TRE-SC e inclusive usa o sistema nas suas eleições diretas. Então, se houvesse algum problema, a OAB seria a primeira a não usar o sistema”, destacou.

O presidente da Comissão de Auditoria de Funcionamento das Urnas Eletrônicas, juiz do Pleno do TRE, Marcelo Pons Meirelles, afirmou que “a auditoria e a Votação Paralela funcionam efetivamente para demonstrar aqui ao público em geral como é feita a votação e também para demonstrar a integridade do sistema, que até hoje não teve comprovada nenhuma violação”.

Avaliando a Votação Paralela do 1º turno, Gonsalo Ribeiro, coordenador de Apoio ao Pleno do TRE-SC, enfatizou que “a auditoria funcionou como se imaginava e demonstrou a segurança do processo de votação em urna eletrônica, ou seja, o voto dado em cédula é o mesmo que é recebido na urna. E aí nós temos a coincidência da informação, mais uma vez demonstrando que o processo é seguro”.

O sorteio das urnas da Votação Paralela foi realizado com a participação do Grupo de Trabalho Pedal Cidadão, que auxiliou no preenchimento das cédulas que serão utilizadas no domingo (29). Após isso, elas foram depositadas nas urnas de lona, que serão lacradas e abertas somente neste domingo (15), no horário de início da votação oficial, às 7 horas.

Já as urnas sorteadas para a auditoria dos sistemas passarão por procedimentos para verificação da autenticidade dos sistemas no dia da eleição, antes do início da votação.

Resultado – Urnas sorteadas

Votação Paralela

Zona Eleitoral Município Local de Votação Seção
88ª Blumenau Escola Básica Municipal Professor Rodolfo Hollenweger

243

96ª Joinville Escola de Educação Básica Prof. Antônia Alpaides Cardoso dos Santos

118

19ª Joinville Centro Comunitário Costa e Silva

104

 

Urnas submetidas à verificação da autenticidade e integridade dos sistemas (na própria seção eleitoral sorteada)

Zona Eleitoral Município Local de Votação Seção
Blumenau Escola de Ensino Fundamental José Vieira Côrte

443

76ª Joinville Escola de Educação Básica Marli Maria De Souza

733

105ª Joinville Escola Municipal Professora Rosa Maria Berezoski de Marchi

138

 

Os trabalhos da auditoria são conduzidos pela Comissão de Auditoria de Funcionamento das Urnas Eletrônicas, presidida pelo juiz Marcelo Pons Meirelles, integrante do Pleno do TRE-SC, e composta por 6 servidores da Justiça Eleitoral catarinense: Gonsalo Agostini Ribeiro, secretário; Fabiano Marcelino Vieira; Luiz Antônio Ribeiro; Giovanni Turazzi; Wiliam Leonardo dos Santos; e, Juliana Felipe Bartras. Além disso, o procurador regional eleitoral André Stefani Bertuol atua em nome do Ministério Público. O juiz substituto do Pleno, Renato Boabaid, integra a Comissão na qualidade de membro suplente. O presidente da Comissão de Direito Eleitoral da OAB/SC, Paulo Fretta, está coordenando os trabalhos pela Seccional catarinense.

Também estiveram presentes na cerimônia, auxiliando no sorteio, o Subprocurador-Geral de Justiça para Assuntos Institucionais, Alexandre Estefani; Gabriela Shelp, secretária-geral da Comissão de Direito Eleitoral da OAB/SC; e o juiz do Pleno do TRE-SC, Luis Francisco Delpizzo Miranda, representando os demais juízes da Corte.

Fonte: TRE SC

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta