STF retoma os trabalhos, mudança na Comissão sobre Mortos e Desaparecidos Políticos e o Brasil na OTAN

Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF

STF retoma os trabalhos

O Supremo retoma nesta quinta-feira (01) os trabalhos da corte. A promessa é que sejam julgados neste semestre temas que afetam a vida política no Brasil. Devem estar na pauta da corte o uso de dados do Coaf em investigações criminais, a descriminalização do porte de drogas, a tabela do frete dos caminhoneiros e o porte de armas para agentes socioeducativos.

A polêmica prisão em segunda instância e o recurso do ex-presidente Lula contra a sua condenação pelo então juiz Sergio Moro, podem entrar na pauta.

Com informações: UOL

Comissão sobre Mortos e Desaparecidos Políticos

O presidente Bolsonaro trocou quatro dos sete integrantes da Comissão sobre Mortos e Desaparecidos Políticos. A mudança ocorreu após declarações de Bolsonaro sobre a morte, durante a ditadura militar (1964-1985), de Fernando Santa Cruz, pai do presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz.

A alteração no colegiado foi publicada no “Diário Oficial da União” desta quinta-feira (1º), com a assinatura do presidente e da ministra Damares Alves, da pasta da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. Segundo Bolsonaro, a mudança ocorreu porque mudou o presidente da República.

Brasil na OTAN

Os Estados Unidos designaram oficialmente nesta quarta-feira (31) o Brasil como um aliado prioritário extra-OTAN, cumprindo uma promessa feita em março, durante encontro entre os presidentes dos dois países, Donald Trump e Jair Bolsonaro, em Washington.

Isso aproxima militarmente os países e facilita ao Brasil comprar armas e equipamentos de defesa dos EUA. Na América Latina, apenas a Argentina tinha esse título anteriormente.

Fonte: G1

Resumo do Brasil: STF retoma os trabalhos, mudança na Comissão sobre Mortos e Desaparecidos Políticos e o Brasil na OTAN.

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta