Saúde na Mesa: alimentação pré e pós-treino

Foto: reprodução

Com a chegada do verão, a preocupação com a forma física retorna com tudo, o que causa maior atenção com a dieta e com os exercícios físicos e treinos.

A preocupação comum para aqueles que treinam o ano todo e os recém-chegados na academia é ter uma alimentação específica, alimentos certos para a potencialização dos resultados. É importante ter a certeza de que os alimentos são os indicados para tal finalidade.

No caso de atletas, precisa-se primeiro definir o treino, para então definir qual alimento poderá contribuir para melhores resultados. Se a intenção do exercício físico for redução de peso, o indicado é apenas uma porção de fruta ou uma barra de cereais, 20 minutos antes.

À quem deseja aumento de massa muscular, o melhor é um lanche com maior aporte calórico, contendo pão de forma integral; geleia ou queijo; suco de fruta ou leite batido com frutas e aveia. Tendo em foco a necessidade de priorizar os carboidratos, que vão oferecer energia rápida para ser usada no treino, evitando a fadiga.

Após o treino o ideal é consumir proteínas e carboidratos que auxiliam na reposição de energia gasta durante o treino, além de ajudar na recuperação e síntese do músculo, aumentando o volume.

Podendo utilizar como pós treino proteínas como (carne, frango, peixe, queijos, ovos) e carboidratos (arroz, batata inglesa, batata doce, pães). Caso o pós treino não coincida com uma refeição, uma dica válida de lanche seria, por exemplo, iogurte com frutas picadas ou aveia.

Independente do seu objetivo, seja ele perda de peso ou ganho de massa, é importante manter uma alimentação saudável e regulada, tanto no no pré e pós-treino, quanto no seu dia a dia.

Mantenha sua saúde física em dia, coloque mais saúde na sua mesa.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta