Samae de Timbó vai implantar a maior adutora de água potável da cidade

Foto: Waldemar Neto

O Samae de Timbó assinou nesta quarta-feira, 15, na sala de reuniões do gabinete do prefeito Jorge Kruger, contrato de prestação de serviço com a empresa Terrabase Terraplenagem, para implantação da maior adutora de água potável já realizada na cidade. Essa nova adutora irá melhorar o abastecimento e a qualidade na distribuição de água em toda cidade.

De acordo com o diretor de manutenção do Samae, Diego Zatelli, serão implantados 500 metros de tubos de PVC de 350 milímetros, desde a Estação de Tratamento de Água, localizada na Rua Rio de Janeiro, até a Rua Aristiliano Ramos. Posteriormente, serão instalados mais 310 metros de tubos de 300 milímetros e outros 20 metros de tubos de 250 milímetros e 850 metros de tubos de 50 mm.

Diego explica que a tubulação de 350 milímetros vai substituir duas outras antiga, de ferro, de 250 milímetros, que passavam pela região. De acordo com o presidente do Samae, Waldemar Gebauer, a nova adutora vai melhorar a vazão e a qualidade da água. “O cano de PVC gera menos atrito com a água e não enferruja, desta forma a nova adutora dobrará a vazão de abastecimento e melhorará a qualidade de água fornecida pelo Samae”.

A obra para a implantação dessa nova adutora tem previsão de iniciar na semana que vem, no dia 24. Ela terá um custo total de R$ 651,4 mil, com recursos próprios do Samae. Para o prefeito Jorge Kruger, investir no abastecimento de água é investir na qualidade de vida das famílias de Timbó. “O Samae vem ao longo dos últimos anos investindo pesado na qualidade da nossa água, com ampliação na captação, tratamento e produção”, lembrou.

Ainda segundo o diretor Zatelli, durante o período da obra de implantação da nova adutora, que deve levar pelo menos 45 dias, será necessário realizar algumas interrupções no fornecimento de água potável, bem como interdição total da Avenida Aristiliano Ramos. “Pedimos para que a população tenha um pouco de compreensão, obedecendo a sinalização, mantendo um nível razoável de consumo de água, bem como a sua caixa d’água sempre em dia”.

Fonte: Comunicação PMB

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta