Rui Godinho deixará a presidência da Fesporte

Foto: Fesporte

O policial civil, suplente de deputado federal pelo PSL, Rui Godinho, deixará a presidência da Fesporte. Na nova fase do Governo Carlos Moisés, ele abrirá vaga para dar lugar a Kelvin Soares, de Joinville, que já dirigiu a secretaria de Esportes daquela cidade e é membro do Conselho Estadual de Esporte.

A indicação de Kelvim tem o dedo do deputado Fernando Krellig, do MDB, que concorreu a Prefeitura de Joinville na última eleição e faz parte do projeto de coalizão de Carlos Moisés para sobreviver politicamente​ e se manter no Governo.

Rui Godinho fez surpreendentes 56.785 votos para deputado federal em 2018, na esteira do efeito 17, do presidente Bolsonaro, ficando como o primeiro suplente do PSL catarinense. Disse que o governador já conversou com ele sobre a necessidade de abrir espaços para os partidos políticos no Governo e ainda não definiu seu futuro.

Apesar de ser carioca, Godinho tem Blumenau como domicílio eleitoral. A cidade, que tinha apenas ele como representante no Governo, fica sem ninguém.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta