PCdoB realiza evento on-line para lançar candidaturas femininas em Blumenau

Arte: divulgação

Cinco representantes comunitárias, que disputarão cadeiras no legislativo nas próximas eleições municipais, lançam neste sábado 25 de julho, às 17h, o 1º Fórum Mulheres Plurais com transmissão ao vivo via página do Facebook das Mulheres Plurais Blumenau.

Para as organizadoras, o objetivo do Fórum é constituir uma plataforma aberta a participação, dar voz às comunidades para construção de um mandato participativo com foco no direito à moradia, educação integral, saúde pública, acesso à cultura, segurança para todos os gêneros, raças e etnias – e iniciar o diálogo em defesa de uma cidade mais plural e democrática.

O encontro vai abordar as trajetórias e bandeiras das pré-candidatas, abrir espaço de interação e construção, além de receber convidadas para levantar debate sobre o papel das mulheres no cenário da política nacional, estadual e local.

Entre as participações confirmadas em apoio à campanha coletiva estão: Jandira Feghali, Deputada Federal pelo Rio de Janeiro, Ângela Albino, Ex-Deputada Federal por Santa Catarina e Vanessa Grazziotin, Secretária Nacional de Mulheres do PCdoB.

Confira o perfil divulgado de cada pré-candidata:

Eller Müller tem 23 anos, está na última fase de História na FURB, e já exerce docência na área de ciências humanas desde 2016. Trabalhou em museus e arquivos históricos tanto em Blumenau quanto em Guaramirim, cidade de origem. Seus avós constituíram o morro onde vivem hoje, dedicaram a vida a ações comunitárias e adotaram crianças de diferentes idades e origens. Eller é transexual e acredita no diálogo com a população mais vulnerável para diminuir as desigualdades sociais e construir uma cidade mais plural.

Elfi Schumann da Silva tem 55 anos e trabalha há 30 como auxiliar de enfermagem na Itoupava Central. Desde lá integrou comissões, conselhos e associações que trouxeram grandes conquistas trabalhistas para a classe e mais acesso à saúde para a população. Atualmente é representante dos servidores públicos e dos vacinadores. Elfi acredita na política justa e honesta, com participação ativa dos bairros.

Karla Rodrigues tem 53, é médica da família e da comunidade, formada pela federal do Espírito Santo. Desde 1998 é professora da FURB, médica da prefeitura e, atualmente, trabalha no Grupo de Atenção na região de Velha. Já integrou os movimentos Liga da Saúde Coletiva, Núcleo de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde, Praça Lilás e União Brasileira de Mulheres. Acredita no acesso à saúde pública e na defesa do SUS.

Nandja Schirlei da Rocha tem 34 anos, é uma importante liderança indígena Laklaño Xokleng. Formada em saúde bucal, atualmente estuda Odontologia na FURB e Pedagogia no IFSC. Atua no no fortalecimento das comunidades, na valorização da diversidade cultural e no direito à moradia digna para todos. Organizou o abrigo para famílias indígenas na cidade e garantiu as condições dos jovens a ingressarem na universidade.

Rosicleide dos Santos tem 45 anos, é cuidadora de idosos e nasceu em Alagoas. Mãe solteira de quatro filhos, sempre participou ativamente dos movimentos sociais e administração pública. Mora e trabalha em Blumenau há seis anos e hoje defende a criação da Casa da Família, creches e lares para idosos. Acredita na força dos imigrantes e trabalhadores para a construção da cidade e na garantia da educação, saúde e moradia.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta