Os investimentos de Blumenau no esporte

Fui chamado a atenção sobre uma postagem onde eu escrevi que o esporte não é prioridade do Poder Público, não me referindo apenas a Prefeitura de Blumenau, mas sim a todas. O argumento é que Blumenau não diminuiu os investimentos, pelo contrário.

Para fazer justiça, reproduzo os investimentos do Executivo no segmento, afinal o bicampeonato dos Jogos Abertos é fruto desses recursos também.

  • Repasse de R$ 250 mil da Oktoberfest de 2018 (última edição) para o esporte blumenauense. Ao todo, 19 modalidades foram beneficiadas, dentre elas futebol masculino e feminino, basquete masculino e feminino, vôlei masculino e feminino e handebol feminino e masculino, além do Paradesporto.

  • Bolsa Desportista: Expansão de 10 para 12 meses. O que significa um investimento de cerca de R$ 360 mil mensais para aproximadamente 450 atletas beneficiados em 44 modalidades.

  • Iniciação Esportiva: Investimento de R$ 40 mil mensais para cerca de 50 monitores beneficiados. Mais de 1500 crianças e adolescentes presentes em 56 pólos.

O Programa de Iniciação Esportiva da Fundação Municipal de Desportos de Blumenau (FMD) está consolidado como um projeto de inclusão social e de revelação de novos talentos para o esporte da cidade. O objetivo do programa é beneficiar crianças e adolescentes, com idades entre seis e 17 anos, das redes públicas e privadas de ensino que tenham a oportunidade de praticar diversas modalidades de forma gratuita, no contraturno escolar.

Além disso, na Iniciação Avançada e Rendimento, os atletas recebem um treinamento diferenciado e participam de competições oficiais, representando o município.

Ainda estimulando a pratica de atividades esportivas, a Secretaria Municipal do Esporte, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, realiza os Jogos Estudantis da Primavera, uma das maiores competições escolares do Brasil, que reúne mais de 9.500 estudantes das redes municipal, estadual, federal e particular de ensino.

  • Celeiro de talentos: Com os programas de incentivo ao esporte, Blumenau não para de revelar talentos para as mais variadas modalidades esportivas. Nomes como Eduarda Amorim no handebol, Tiago Splitter no basquete, Moacir Zimmermann na marcha, Roque Zimmermann no remo, além de Marcelo Greuel no ciclismo e Ana Moser no vôlei são alguns dos exemplos de atletas criados na cidade que ganharam destaque em suas modalidades.

  • Destaque no Paradesporto: Como o esporte também é inclusão, a Prefeitura de Blumenau desenvolve o programa Paradesporto Escolar e Adulto, por meio da Secretaria de Educação (Semed) e da Secretaria Municipal do Esporte (SME). Atualmente, 32 profissionais desenvolvem onze modalidades para cerca de 500 alunos, em mais de 60 pólos implantados em toda a cidade.

  • O maior vencedor dos JASC: Ao conquistar o bicampeonato seguido dos Jogos Abertos de Santa Catarina, a cidade manteve a sua hegemonia na maior competição esportiva do estado. A cidade, inclusive é a maior vencedora da história dos Jogos Abertos com 42 títulos em 59 edições.

Fica o registro então.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta