Odair Tramontin e Ricardo Stodieck são convidados a ingressarem no PSD de Blumenau

Foto: Informe Blumenau/arquivo

Faltando menos de um ano das eleições municipais, é natural que os partidos busquem reforçar seus planteis para a disputa, principalmente aqueles que não contam com gente que possa fazer a diferença na hora da escolha do eleitor.

Nesta semana, o deputado estadual Ismael dos Santos, presidente do PSD em Blumenau, conversou com dois nomes bastante representativos da cidade, fora da política, que ainda não deixam claro se entrarão para a disputa. O promotor Odair Tramontim e o ex-secretário de Turismo Ricardo Stodieck.

Os dois foram convidados para ingressar na sigla para disputar na chapa majoritária e, obviamente, não deram resposta. Recentemente esta conversa aconteceu com representante do Partido Novo e não duvido que outras legendas tenham feito o mesmo convite.

São dois nomes, conhecidos e reconhecidos pelo trabalho que desenvolveram, mas nunca testados nas urnas, o que pode ser bom dependendo do que o eleitor quiser em 2020.

No caso específico de Stodieck, caso ele decida se filiar ao PSD – que acho pouco provável -, levaria o partido para longe do prefeito Mário Hildebrandt (sem partido), candidato à reeleição.

Já no caso de Tramontin, tem uma afinidade. Na campanha eleitoral de 2018, o então candidato a governador pelo PSD, Gelson Merisio, anunciou na propaganda eleitoral que o promotor público seria o secretário de Segurança em caso de vitória, o que acabou não ocorrendo.

Esta tem sido a estratégia do deputado Ismael dos Santos, colocar o PSD em evidência para a disputa de 2018. Tem conversado com várias lideranças – o próprio prefeito, João Paulo Kleinübing e o agora colega de partido, Napoleão Bernardes – para detectar oportunidades.

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta