Mutirão para desapropriações na BR 470 termina com nove acordos

Foto: Gestão Ambiental BR-470

Mutirão promovido esta semana pelo Centro de Conciliação (Cejuscon) da Justiça Federal em Blumenau, em ações de desapropriação para duplicação da BR 470, obteve nove acordos, que geraram R$ 2,3 milhões em indenizações.

Foram realizadas 11 audiências, quarta e quinta-feira, 28 e 29, coordenadas pelos juízes Antonio Araújo Segundo e Francisco Ostermann. Os dois processos em que não houve acordo retornarão para a vara federal de origem. As obras compreendem trechos dos municípios de Blumenau, Gaspar e Indaial.

Entre partes e interessados, as audiências envolveram 26 pessoas.

O mutirão contou ainda com o trabalho de nove advogados, três servidores e dois estagiários. A Defensoria Pública da União foi representada pelo defensor Deraldino Alves de Araújo Filho. O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, pelos procuradores Fernando Eduardo Hack e Mitzi Silva Antunes e pelos engenheiros João José da Silveira Vieira, Ugo Mourão e Yuri Mourão.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta