Júri popular de Everton Balbinott, acusado de feminicídio em Blumenau, será em outubro

Foto: reprodução internet

O julgamento do ex-namorado de Bianca Wachholz, denunciado pelo Ministério Público, pela morte da artista plástica ocorrida em julho do ano passado foi designado pelo juízo da 1ª Vara Criminal da Comarca de Blumenau. A sessão de julgamento pelo Tribunal do Júri está prevista para o dia 23 de outubro deste ano, às 9h, quando o Conselho de Sentença, formado por sete jurados, apreciará a causa.

Everton Balbinott de Souza é acusado pelos crimes de homicídio qualificado – por motivo torpe, uso de recurso que dificultou a defesa da vítima e feminicídio -, de ameaça e de porte ilegal de arma de fogo. O fato ocorreu no dia 25 de julho de 2018 dentro da casa da mãe da vítima, no bairro Itoupava Central. Everton foi preso preventivamente dois dias após o crime e permanece no Presídio Regional de Blumenau.

Consta nos autos que o denunciado pulou o muro da casa da ex-sogra, entrou no local e sacou a arma que até então estava escondida na bainha da calça. Depois de empurrar a ex-sogra, ele foi até o banheiro, onde a vítima tentou se esconder, e efetuou um disparo de arma de fogo contra a cabeça de Bianca. O ex-namorado teria tirado a vida da artista plástica para que “ela não se envolvesse com mais ninguém”, segundo denúncia do MP.

O crime de homicídio qualificado tem penas previstas entre 12 e 30 anos de reclusão, a de ameaça entre 1 e 6 meses de detenção ou multa e a de porte ilegal de arma entre 2 e 4 anos de reclusão, e multa. O júri aberto ao público será presidido pelo juiz de Direito Juliano Rafael Bogo, da 1ª Vara Criminal da Comarca de Blumenau (Autos n. 0007979-19.2018.8.24.0008).

Fonte: TJSC

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta