Hospital Santa Isabel projeta se transformar em Complexo Hospitalar de Transplantes

Foto: HSI

Na última quinta-feira, a ACSC – Hospital Santa Isabel recebeu a visita do Deputado Estadual Ricardo Alba, Deputado Federal Fabio Schiochet e do Secretário de Desenvolvimento Econômico e Sustentável e Turismo Lucas Esmeraldino,todos do PSL. Em reunião com o Diretor Executivo do HSI, Juliano Petters, os políticos foram apresentados aos serviços realizados pelo Hospital Santa Isabel e a importância desta instituição filantrópica para a saúde catarinense.

Juliano Petters apresentou o projeto de um Complexo Hospitalar de Transplantes, liderado pela Deputada Federal Carmen Zanotto, que quer unir todos os deputados federais para que possam destinar, anualmente, parte de suas emendas para que essa ideia do Hospital Santa Isabel vire realidade ainda durante esta legislatura. O projeto tem previsão de conclusão de cinco anos a partir de sua data de início.

Da mesma maneira, devido ao grande fluxo de pacientes pré e pós-transplantes atendidos diariamente no Ambulatório de Transplantes do Hospital Santa Isabel, foi protocolado um pedido para a reforma e ampliação de um espaço para melhor comportar o trabalho já realizado no Ambulatório de Transplantes, sendo que este projeto de reforma já está aprovado junto à Vigilância Sanitária. Após a conclusão do Complexo Hospitalar de Transplante, o serviço de transplantes será enviado para o novo prédio. O espaço reformado será usado para o Ambulatório Geral de Alta Complexidade. Esta reforma foi solicitada em caráter emergencial.

O Serviço de Transplantes do HSI

O HSI foi o hospital que realizou o maior número de transplantes de fígado em 2016. Em 2017, foi eleito o melhor Hospital Transplantador de Santa Catarina. Em 2018, ficou entre os cinco hospitais que obtiveram os melhores resultados na doação de órgãos no estado e realizou 333 transplantes de órgãos realizados – sendo o ano com o maior número de procedimentos do tipo desde 1980, quando foi realizado o primeiro transplante na instituição.
Por ano, são 37 mil atendimentos no Pronto Socorro, cerca de 900 partos, quase 8 mil cirurgias – a maioria procedimentos de alta complexidade – e mais de 15 mil internações. A instituição possui 260 leitos de internação, 30 de UTI, 13 salas cirúrgicas, 308 médicos no corpo clínico, mais de 1200 colaboradores, o único heliponto homologado pela ANAC no Vale do Itajaí e o primeiro e único robô-cirurgião de Santa Catarina.

Da redação, com informações da assessoria de imprensa do HSI

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta