“Governo ainda não tem previsão de adiantar parte do 13º aos servidores”, diz líder na Assembleia

De acordo com o líder do governo, o Executivo ainda não tem previsão de pagar parte do 13º dos servidores em julho. A informação foi divulgada durante a abertura da sessão ordinária de quarta-feira, 26,  da Assembleia Legislativa.

“O 13º salário a previsão é para pagar em dezembro, mas todos os anos houve adiantamento, ocorre que todo mundo sabe a situação do estado, não há ainda uma previsão de antecipação do 13º”, revelou Maurício Eskudlark (PL).

Segundo o líder, apesar da economia realizada pelo governo – só em oxigênio para os hospitais foram economizados R$ 12 milhões em 2019 – o aumento da dívida e do déficit previdenciário impediram a provisão.

“A dívida dobrou nos últimos três anos, como também o déficit da previdência aumentou”, argumentou Eskudlark, que ponderou a queda da receita em setores da economia, como o turismo. “Perdemos 70% do turista argentino”.

Em Blumenau, a Prefeitura promete adiantar a metade do 13º salário ainda esta semana.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta