Gaspar zera número de pacientes internados por COVID-19

Foto: Reprodução

Com o avanço na vacinação contra a Covid-19, Gaspar zera o número de pessoas internadas com a doença confirmada na cidade ou em hospitais da região. Esta é a a primeira vez, desde abril de 2020, que o boletim aponta 0 gasparenses internados. Gaspar está com mais de 75% da população geral vacinada contra a Covid-19, contribuindo para a diminuição de casos graves, apesar do aumento significativo de casos das últimas semanas.

A região do médio vale está com 23% de ocupação de leitos UTI, com 21 pessoas internadas, de acordo com as ferramentas de acompanhamento do Governo do Estado. Desde o início da pandemia, a estimativa da Prefeitura de Gaspar, é de que cerca de 350 gasparenses estiveram internados no Hospital de Gaspar ou em hospitais da região. O maior pico foram nos meses de março e abri de 2021, chegando a registrar 32 pessoas internadas simultaneamente em um dia.

Os dados também apontam que o número de óbitos também diminuiu com o avanço da vacinação na cidade. Gaspar chegou ao pico de 27 óbitos em um mês, em março de 2021. Nesta época, a vacina ainda estava disponível somente em para a população acima de 70 anos, em primeira dose. A partir de agosto, quando a vacina começou a ser aplicada para qualquer pessoa acima de 18 anos, o número de óbito caiu para 8 naquele mês. Em novembro, com mais de 50% da população adulta vacinada com duas doses, o número de óbitos caiu para 2, sendo que nenhum óbito foi registrado em dezembro.

Apesar da diminuição de casos graves e óbitos, o número de contágio da doença segue aumentando exponencialmente. Atualmente, Gaspar está com cerca de 600 pessoas com a doença ativa em isolamento social. “O fato dessas pessoas que estão com a doença ativa estarem com sintomas mais leves também é resultado da eficácia da vacinação. Por isso, pedimos que a nossa população continue buscando a vacina e seguindo os cuidados para reduzir o nível de contágio”, afirmar a secretária de Saúde, Silvania Janoello dos Santos.

Pessoas com sintomas devem seguir os protocolos de distanciamento social, uso de máscaras e procurar o Centro de Triagem na Arena Multiuso Prefeito Francisco Hostins. Com o teste positivo, no mesmo local o paciente passa por consulta médica, recebe as orientações e prescrição e já retira os medicamentos. Com o teste positivo o isolamento segue pelo período indicado pelo médico (10 dias a partir do primeiro dia de sintoma). As pessoas que residem na mesma casa que também devem permanecer em isolamento pelo período indicado.

Quem tem sintomas e testa negativo, também deve seguir protocolos de distanciamento social, uso de máscaras e higienização das mãos. Isso porquê o surto de casos gripais (resfriado, h1n1, h3n2, flurona, entre outros) também causa sobrecarga no sistema de saúde, e os protocolos evitam a proliferação de todos os vírus.

Vacinação

Gaspar atingiu a marca de 83% da população adulta vacinada com, pelo menos, uma dose da vacina contra a COVID-19. Desses, mais de 79% receberam a segunda dose, ou seja, com a segunda dose ou dose única. Dos que tomaram a primeira dose da vacina, 8,8% já receberam a dose de reforço.

O Centro de Vacinação contra COVID-19 de Gaspar continua aberto de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h, no Centro de Convivência do Idoso (Rua Frei Canísio, nº 500 – Bairro Coloninha). A vacinação segue conforme a disponibilidade de doses.

Fonte: PMG

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta