Ex-presidente Lula deixa a prisão

Imagem: reprodução YouTube

Após 580 dias, o ex-presidente Lula deixou a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR). A defesa pediu a soltura do petista após a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a prisão após condenação em segunda instância.

A decisão sobre a soltura coube ao juiz Danilo Pereira Jr., que está cobrindo férias da juíza Carolina Lebbos, responsável pela execução da pena de Lula na 12ª Vara Federal de Curitiba. O ex-presidente deve seguir até o Sindicato dos Metalúrgicos em São Bernardo do Campo, região metropolitana de São Paulo.

Lula foi condenado em duas instâncias no caso do tríplex do Guarujá (SP) e ainda aguarda julgamento de recursos em cortes superiores. O ex-presidente acusa o Ministério Público e o então juiz Sergio Moro de parcialidade no processo que o condenou.

O ex-presidente estava preso desde 7 de abril de 2018, cumprindo a pena de 8 anos, 10 meses e 20 dias.

Em breve mais informações obre a repercussão da saída.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta