Encontro sobre parto adequado tem participação de profissionais de Blumenau

Foto: Unimed/Divulgação

O evento foi realizado em Londrina, no Paraná, e teve a participação de profissionais do Hospital Santa Isabel e da Unimed Blumenau. Confira tudo no release abaixo, enviado pela assessoria da Unimed:

Profissionais da Unimed Blumenau e do Hospital Santa Isabel participaram neste mês de um encontro sobre o Projeto Parto Adequado. A Sessão de Aprendizagem Presencial faz parte da segunda etapa do trabalho e foi realizada em Londrina, no Paraná. O evento serviu para avaliação da primeira fase do projeto, troca de experiências e prática do modelo de melhoria do Institute for Healthcare Improvement (IHI). O projeto visa desenvolver modelos de trabalho que valorizem o parto normal e reduzam o percentual de cesarianas desnecessárias.

Em Blumenau, a Unimed desenvolve o projeto juntamente com o Hospital Santa Isabel. A parceria, firmada em 2015, permitiu que a cooperativa investisse na abertura de um plantão presencial em obstetrícia na unidade hospitalar. A partir deste ano, as gestantes que buscam atendimento no HSI contam com o atendimento 24h de uma equipe técnica treinada para orientar sobre as melhores práticas de obstetrícia.

Nova capacitação

Para aprimorar ainda mais o trabalho, a Unimed Blumenau irá custear uma capacitação para profissionais do Centro Obstétrico do Hospital Santa Isabel. Nos dias 06 e 07 de novembro, eles irão a São Paulo receber uma formação com a equipe do Hospital Israelita Albert Einstein, no Centro de Simulação Realística, com o tema “Parto Adequado – Multiplicadores”. O objetivo é oferecer às gestantes e seus bebês o melhor atendimento obstétrico, com a máxima segurança.

 

Balanço prévio

Segundo levantamento do Hospital Santa Isabel, no ano passado já houve uma redução no número de cesáreas realizadas na unidade em relação a 2015.  Dos 729 procedimentos de 2016, 140 foram partos normais, um avanço importanteda parceria entre Unimed Blumenau e HSI. A expectativa é que o índice melhore gradativamente, conforme as gestantes forem conhecendo o trabalho.

O Projeto Parto Adequado é desenvolvido pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE) e Institute for Healthcare Improvement (IHI), com o apoio do Ministério da Saúde.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta