Deputado Gilson Marques divulga dados dos pedidos de Emendas “Sem Barganha”

Como já escrevemos algumas vezes, o deputado federal Gilson Marques (NOVO), que tem domicílio eleitoral em Pomerode, é contra a distribuição de emendas parlamentares da forma como é feita hoje. Considera que ela funciona como moeda de troca, como barganha política.

Por conta disso, tem inovado e propôs uma consulta on line para de pedidos de emendas parlamentares, com o sugestivo nome de Sem Barganha. O prazo terminou no dia 31 de agosto.

A proposta do parlamentar é estabelecer critérios técnicos os R$ 15 milhões a que tem direito em emendas parlamentares para 2020.

“Agora que encerrou o prazo para solicitações de emendas para 2020, estamos mapeando e avaliando os pedidos. A vantagem de fazer desta forma é a possibilidade de padronizar as requisições e colocá-las lado a lado de acordo com os critérios técnicos de seleção.”

O Gabinete do deputado Gilson Marques recebeu 240 pedidos de emendas, sendo 96 (40%) do Vale do Itajaí, região de origem do parlamentar, conforme gráfico abaixo:

Blumenau foi a cidade com o maior quantidade de projetos, 28, com valores que chegam a R$ 25 milhões. Contribuíram com propostas entidades como APAE, FURB, Hospital Santo Antônio, Hospital Santa Isabel, Associação Casa de Apoio e da Casa de Acolhida São Felipe Neri, além de secretarias municipais e o vereador Professor Gilson (PSD), que merecerá uma postagem aparte.

O valor que cada parlamentar dispõe anualmente para destinar na forma de emendas, pelo menos 50% deve, obrigatoriamente, ser enviado para a área de saúde. Do total de projetos recebidos pelo Gabinete de Marques, 91 são solicitações desta área, que representam 52% dos pedidos em termos de valor.

“O total dos pedidos de emendas que recebemos somam quase R$ 120 milhões. Mais de R$ 60 milhões são de pedidos da área da saúde, mas como dispomos de apenas R$ 15 milhões, vamos ter que avaliar muito bem quais projetos iremos atender”, afirma o parlamentar.

O parlamentar já havia anunciado que não usará critérios políticos na escolha dos projetos que receberão as emendas e agora sua equipe está processando todos os pedidos para divulgar, ainda este ano, quais solicitações serão atendidas.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta