Conheça mais sobre o projeto Centro Vivo de Blumenau

Foto: divulgação

A proposta puxada pelo Sindilojas para revitalizar o Centro de Blumenau começa a ganhar mais visibilidade, com estratégias que buscam apresentar a ideia para a comunidade. Estão realizando exposições itinerantes pela cidade (eu não sabia de nenhuma) e agora ela estará  no hall de entrada da Prefeitura de Blumenau durante o mês de agosto.

São 24 imagens e textos com a proposta, que tem a assinatura do escritório Jünge Belli Arquitetura.

Foto: divulgação

O Centro Vivo propõe o resgate do Centro dentro dos eixos moradia, lazer e comércio, com a remodelação de três áreas específicas. A primeira delas compreende toda a quadra onde está a prefeitura e o prédio do antigo Fórum.

A segunda, no Centro Histórico, integra o Biergarten, o Mausoléu Dr. Blumenau, o Museu da Família Colonial e a antiga prefeitura. O projeto estabelece uma área comum pelos fundos, hoje conhecida como o bosque da família Gaertner.

A terceira área traz a mudança mais abrangente, unindo o jardim do Teatro Carlos Gomes com os terrenos onde estão o INSS, um prédio comercial e o estacionamento do Centro de Ensino Bom Jesus. Pelo projeto do Centro Vivo, toda esta área seria transformada numa grande praça arborizada.

Lembrando que a discussão do Centro Vivo ganhou um ingrediente novo, com a proposta do vereador Sylvio Zimmermann (PSDB) de levar a sede da Câmara para o prédio onde funciona o antigo Fórum, em frente à Prefeitura. O Sindilojas rapidamente se manifestou, encampando a proposta.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta