Comissão da Alesc aprova admissibilidade do pedido de impeachment contra Moisés e Daniela

Foto:Bruno Collaço/Alesc

Por unanimidade, nove votos a zero, a Comissão Especial criada na Assembleia Legislativa para analisar a admissibilidade ou não do pedido de afastamento do governador Carlos Moisés (PSL) e da vice Daniela Reinerh (sem partido) decidiu pelo prosseguimento do processo, ao aprovar o relatório do deputado Luiz Fernando Vampiro (MDB).  Este pedido refere-se a equiparação salarial dos Procuradores do Estado com os da Alesc.

Agora, será formada uma outra comissão com cinco deputados e cinco desembargadores do Tribunal de Justiça, que fará a mesma análise. Caso decidam, por maioria simples, aceitar a denúncia, Carlos Moisés e Daniela serão afastados do cargo por até seis meses, tempo que a comissão dará o veredito final. Caso a comissão entenda que a denúncia não deva ser acatada, Moisés e Daniela permanecem no cargo e o processo será encerrado.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta