Chega ao fim a greve no transporte coletivo de Blumenau

Foto: Alexandre Gonçalves / Informe Blumenau

Depois de 13 dias, acabou a greve no transporte coletivo de Blumenau. O resultado saiu na assembleia no fim da tarde desta quarta-feira, 30, mas foi antecipado pelo Informe Blumenau.  Os ônibus voltam a circular no último dia de 2015.

A Justiça do Trabalho concedeu a terceira decisão, a primeira que contemplou minimamente uma categoria de pouco mais de mil trabalhadores, que tiveram seus direitos surrupiados ao longo deste segundo semestre.

Com a garantia judicial de que esses direitos seriam pagos através do bloqueio dos créditos antecipados do Consórcio Siga, o comando do Sindetranscol encaminhou a proposta de volta ao trabalho e foi aceita.

Foto: Alexandre Gonçalves / Informe Blumenau
Foto: Alexandre Gonçalves / Informe Blumenau

62% dos recursos financeiros que entram no sistema por mês ficam como garantia para pagar 13º , salários e vale-alimentação nos próximos doze meses. O restante, 38% arrecadados nas catracas, ficam para os donos da empresa garantirem a frota rodando, com combustível e manutenção.

Ainda há muito que se discutir, mas já existe uma luz no fim do túnel. Está prevista uma audiência no próximo dia 7 de janeiro, entre o juiz do trabalho e o sindicato, para definir um monte de coisa. Como, por exemplo, dizer quando os trabalhadores terão algum dinheiro na conta. O 13º salário está atrasado há 15 dias, o vale alimentação vence neste fim de semana e no meio da semana que vem seria o prazo para se pagar o salário de dezembro.

A Justiça determinou o bloqueio dos créditos, mas não disse quando teria que ser feito o repasse para a categoria. A proposta do sindicato é de de que a cada 10 dia seja feito o pagamento, pelo menos no começo. Sabem que o grosso dos valores arrecadados fora das catracas começa a entrar apenas na segunda quinzena de janeiro.

Ou seja, a greve acaba amanhã, os problemas destes trabalhadores e suas famílias não. Passaram o Natal sem o dinheiro do 13º e não deverão receber o salário e o vale em dia. Com sorte, receberão algum valor a partir do dia 15.

Para quem critica o movimento deles, sugiro colocar-se no lugar deles e suas famílias.

Mas é uma novela que não encerra aqui. Tem muito ainda para acontecer.

Segunda-feira, primeiro dia útil de 2016, o prefeito Napoleão Bernardes (PSDB) pode decretar a caducidade do Consórcio Siga ou de uma ou outra empresa. É o prazo dado para que os responsáveis apresentem suas propostas de recuperação financeira. Caberá ao prefeito decidir se acredita.

Com a decisão judicial, Napoleão ganha mais tempo para avaliar.

 

 

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta