Cai o segundo ministro?

O segundo?

Segundo a Folha, auxiliares do presidente Jair Bolsonaro (PSL) avaliam como insustentável a permanência do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, após novas acusações de envolvimento em candidaturas de laranjas.

Nas palavras de um ministro, Marcelo Álvaro “não é imexível” e, a cada nova acusação, ganha força a necessidade do seu afastamento.

Bebianno já foi!

Bolsonaro sobre o laranjal

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira (8) que é preciso deixar que continuem as investigações sobre o ministro do Turismo.

Bolsonaro comentou a situação do ministro em uma entrevista a jornalistas no Palácio do Planalto, onde participou de cerimônia de entrega de cartas credenciais de embaixadores de seis países.

Sobre o cartão

O presidente Jair Bolsonaro tentou explicar em uma transmissão no Facebook, o aumento de 16% nos gastos com cartões corporativos da Presidência da República. Bolsonaro diz que a matéria do jornal O Estado de S. Paulo compara janeiro de 2019 com janeiro de 2018, e atribui a alta nos gastos com despesas da sua posse.

O problema? A reportagem fez o comparativo com a média dos últimos quatro anos, e considerou, ainda, a inflação do período.

A fatura chegou a R$ 1,1 milhão.

Ruim de explicação esse presidente!

Fontes: G1, Folha e o Estado de S. Paulo

Resumo do Brasil: ministro na corda bamba e o que diz Bolsonaro sobre o laranjal e a fatura do cartão.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta