Butiquin Wollstein é vendido. Uma “iguaria” que muda de mãos

Usei o termo iguaria por que é assim que Fábio Wollstein, que há cerca de 13 anos criou o Butiquin com sua esposa Monica Pegoretti, referia as comidas do local. Eles criaram uma grife na tradicional Blumenau, evidenciando que há espaço para o diferente, o alternativo, o plural na cidade.

Construiu sua história num beco da Rua Marechal Floriano, enfrentou resistência com os vizinhos, ajudou a criar uma feira que levou por muito tempo seu nome e no final de 2017 deu uma nova cara para uma esquina e a transformou num ponto de encontro de Blumenau, a da Alameda Rio Branco com a Sete de Setembro, do outro lado onde encontra-se o casarão histórico onde funciona a escola de Idiomas da escola Barão.

Nesta sexta-feira, Fábio comunicou a venda do ponto para um grupo do ramo gastronômico, sem citar qual.

Confira a mensagem deixada por ele nas redes sociais. Promete novas ideias e elas são fundamental para este sopro de diversidade que Blumenau tanto precisa.

Encerra-se mais um ciclo.
Quando você trabalha com público muitos clientes acabam virando amigos do coração e eu nestes quase 13 anos à frente do Butiquin Wollstein seja o Original na Floriano Peixoto, o Da Guarda do Embaú ou o verdinho Garten tenho o maior orgulho e prazer disso.
Em respeito a vocês deixo aqui um breve texto.
Chega-se o tempo de uma trégua, a partir desta semana dia 10 de julho de 2020 eu e minha companheira de batalha Monica Pegoretti não fazemos mais parte da gestão do Butiquin Wollstein Garten.. Vendemos o ponto, a marca continua fazendo parte da família, afinal essa marca é intransferível. Uma nova equipe assume a esquina, saímos tranquilos e aliviados por conta do período difícil que vínhamos passando.
Os novos gestores tem experiência na gestão de negócios e acredito que farão um bom trabalho.
Agradeço aqui aos músicos, clientes, amigos, doguinhos, colaboradores e fornecedores por essa caminhada.
Mas como a Wollstein & Wollstein Corporation não para de criar, já estamos articulando mentalmente uma nova iguaria. Continuo por aqui no meu Facebook e no meu Instagram pessoal @fabiowollstein.
Bjs segue a vida e como sempre digo “Paz e alegria sempre”
“Menor que meu sonho não posso ser” (Lindof Bell)

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta