Bolsonaro presidente no Congresso Nacional

Foto: Câmara dos Deputados

No palco político da cerimônia de posse, durante ato conjunto da Câmara dos Deputados e Senado, aconteceu o discurso do novo presidente Jair Bolsonaro (PSL) logo depois de ser empossado.

Começou e terminou lembrando do atentato sofrido em setembro. “Tenho que agradecer a Deus por estar a vivo!”

Destacou seus 28 anos como Deputado Federal.

Disse que quer “restaurar e reerguer nossa pátria da submissão ideológica, corrupção….”, “…resgatar esperanças…”, “…se tivermos a sabedoria de ouvir a voz do povo…”,

Deu um jeito de citar a ideologia de gênero no discurso: “Brasil voltará a ser livre das amarras ideológicas…”, “…escolas servirão para preparar para o mercado de trabalho e não para militâncias ideológicas…”

Prometeu “respeitar a liberdade e democracia”, “…construir uma sociedade sem discriminação e divisão…”, “…vou ´proteger e revigorar a democracia brasileira….”

Falou da revisão do estatuto do desarmamento e da necessidade de dar mais força à ações policiais, com mudanças na legislação que criminalizam algumas ações da corporação.

Disse que montou uma equipe técnica, sem viés politico, prometeu “valorizar” o parlamento e trazer confiança na economia. “não vamos gastar mais que arrecadamos…”

Para finalizar, o novo presidente disse: “Deixo esta casa rumo ao Palácio do Planalto para representar o povo brasileiro……”

 

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta