Blumenauense lança livro ‘O Jornalismo Diversional de Fátima Bernardes’

A jornalista blumenauense Rosiméri Laurindo fez uma análise da forma de trabalho da hoje apresentadora, Fátima Bernardes. O lançamento da obra será na próxima semana em São Paulo. Confira mais informações no release que recebemos da assessora, Nane Pereira:

 

livro fatima bernardesRoseméri Laurindo lança “O Jornalismo Diversional de Fátima Bernardes”, no dia 19 de novembro, em São Paulo
A jornalista blumenauense apresenta as características do gênero jornalístico de um dos nomes mais marcantes no cenário atual da televisão brasileira, na Livraria da Vila – Lorena (SP)

Jornalismo Diversional. Quais seriam os segredos e as táticas jornalísticas adotados por Fátima Bernardes, uma das maiores apresentadoras da televisão brasileira na atualidade? Existe uma fórmula para o sucesso? No livro “O Jornalismo Diversional de Fátima Bernardes”, a autora Roseméri Laurindo apresenta, de forma clara e direta, os gêneros jornalísticos compreendidos por meio de um tipo autoral diferenciado, denominado autor-marca. Produzida e distribuída pela Primavera Editorial (SP), a obra será lançada no dia 19 de novembro, a partir das 18h30min, na Livraria da Vila, na Alameda Lorena, em São Paulo.

Segundo a autora, o Jornalismo Diversional é uma forma, que embora tenha o objetivo na realidade, busca dar uma aparência mais romanesca aos fatos, personagens e ações. Esse gênero jornalístico traduz um conceito que classificou o programa “Encontro com Fátima Bernardes” como modelo de Jornalismo Diversional. Focando na personalidade cativante da apresentadora Fátima Bernardes, o livro alinha os conceitos jornalísticos para apresentar, com maior propriedade, a complexidade do gênero autor-marca no programa. “Composto por pesquisas acadêmicas e entrevista com Fátima Bernardes, o livro revela as transformações do jornalismo no cenário atual”, acrescenta Roseméri.

“Mudei completamente minha função, o que eu faço hoje é um programa muito mais de entretenimento, com um fundo jornalístico, mas eu sou jornalista do mesmo jeito. Eu vivo pensando em pauta, pensando em como transformar aquilo num assunto interessante, fico pensando de que maneira aquilo vai ser uma prestação de serviço para quem está vendo e ouvindo. Então a concepção de meu trabalho de jornalista continua lá”, diz Fátima Bernardes, página 79.

SERVIÇO

Lançamento do livro “O Jornalismo Diversional de Fátima Bernardes”, por Roseméri Laurindo
19 de novembro, a partir das 18h30min
Na Livraria da Vila (Alameda Lorena, 1731- São Paulo/SP)
Primavera Editorial: http://www.primaveraeditorial.com/produto/edu/o-jornalismo-diversional-de-fatima-bernardes
Livro: ISBN: 978-85-61977-95-5. 128 pág., R$ 29,90

 

Foto: Assessoria/Divulgação
Foto: Assessoria/Divulgação

SOBRE A AUTORA

A jornalista e escritora Roseméri Laurindo, natural de Blumenau, é Doutora em Ciências da Comunicação pela Universidade Nova de Lisboa. Mestre em Comunicação e Cultura Contemporâneas pela Universidade Federal da Bahia. Graduada em Comunicação Social – Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. É Coordenadora do Curso de Jornalismo da Universidade Regional de Blumenau (FURB), onde é professora titular de Teorias da Comunicação. Realizou estágio pós-doutoral na Cátedra Unesco de Comunicação para o Desenvolvimento Regional, junto à Universidade Metodista de São Paulo, com apoio do CNPq. É integrante do Grupo de Pesquisa Pensa-Com/Brasil, liderado por José Marques de Melo. É Coordenadora do Grupo de Pesquisa sobre Gêneros Jornalísticos da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares em Comunicação (Intercom). Em 2014, recebeu o Prêmio Luiz Beltrão de Ciências da Comunicação, da Intercom, na categoria Liderança Emergente. Autora de várias publicações jornalísticas e científicas, dentre as quais o livros o AI-5 na Academia – O manual do lead usado pelos golpistas de 1964 para punir o ensino de jornalismo -, pela Edifurb (2014).

 

Fonte: Nane Pereira

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta