Blumenau é a capital estadual dos transplantes de órgãos

Foto: reprodução internet

Por proposição do deputado Ricardo Alba (PSL), Blumenau já é a Capital Estadual dos Transplantes de Órgãos. O reconhecimento foi aprovado por unanimidade na Assembleia Legislativa do Estado na tarde desta quarta-feira, 21.

Muito mais do que uma honraria, o título reconhece o trabalho de instituições e profissionais da medicina de Blumenau. Mas vai além: o título deve propiciar ao município mais visibilidade e respeito em Brasília, junto aos órgãos federais da saúde, podendo até mesmo facilitar investimentos internacionais na área para a cidade.

Ao defender a própria iniciativa, Alba ressaltou o fantástico trabalho do Hospital Santa Isabel e da Associação Renal Vida.

“Transplante de órgãos é assunto muito sério, pois trata de salvar vidas”, acentua o deputado, ao ressaltar que toda abordagem sobre o tema ainda chama a atenção para a doação de órgãos, na qual Santa Catarina é um exemplo. Ao conhecer a Associação Renal Vida e sabedor também do ótimo trabalho efetuado pela equipe de transplantes do Hospital Santa Isabel, pensou em transformar este reconhecimento em possibilidades. Afinal, “o título pode ser muito mais do que um designativo, ele pode potencializar a importância da cidade neste quesito junto aos organismos financiadores da saúde e colaborar na melhora da qualidade de vida das pessoas”, conclui Alba.

História

Tudo começou no longínquo anos 1980. As equipes de nefrologia e de urologia do Hospital Santa Isabel realizaram o primeiro transplante renal. Diante do sucesso, o grupo buscou aperfeiçoamento e entre 1980 e 1999 realizaram 87 transplantes. Em 2012 fez o 500º transplante de fígado; em 2015 ultrapassou a marca de 1.000 transplantes renais; em 2016, atingiu a marca de 1.000 transplantes hepáticos, ano em que foi o que mais realizou transplantes de fígado no país.

No ano de 2017 foi considerado o melhor hospital transplantador do estado e em 2018 ficou entre os cinco hospitais que obtiveram os melhores resultados na doação de órgãos em Santa Catarina. Passados quase 39 anos, o hospital soma mais de 3,5 mil transplantes de vários órgãos humanos realizados. O reconhecimento nacional da excelência daquela casa de saúde, com a co-participação ativa da Renal Vida junto aos transplantados renais, agora transforma Blumenau na Capital Estadual dos Transplantes de Órgãos.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta