APAN Blumenau conquista quarta vitória na Superliga Nacional de Vôlei

Foto: Giovanni Silva/divulgação

A APAN/Eleva é uma das quatro melhores equipes da Superliga Banco do Brasil 2021-22 após seis rodadas. No reencontro com a torcida, vitória de 3 a 0 sobre o Montes Claros/América, com parciais de 25/14, 25/22 e 27/25 em 1h23min. Foi a quarta vitória em seis jogos, onde o oposto Jamelão terminou com o Troféu Viva Vôlei e maior pontuador. Ele deixou sua marca na quadra adversária em 17 oportunidades. Todas em bolas de ataque.

O confronto foi encarado como um jogo de seis pontos, dentro do planejamento da APAN, objetivando se garantir entre os oito melhores da competição. E focou nisso desde seu início. No primeiro set, após sair em desvantagem virou e construiu uma vitória, onde o saque foi uma das peças fundamentais.

Jamelão foi o maior pontuador e alcançou um aproveitamento de 57%, mas também se destacaram o central Ialisson. Ele marcou 13 vezes e novamente foi o maior bloqueador, fechando as portas em cinco oportunidades. O capitão do time blumenauense lidera as estatísticas da Superliga nesse fundamento, com 27 êxitos nestes seis jogos disputados até aqui. Ele também íntegra o “Time dos Sonhos” na lista elaborada pela Confederação Brasileira de Voleibol.

Pausa para disputa dos Jogos Abertos

Nesta semana, a APAN/Eleva muda o foco. Entre terça e sexta-feira disputa a 60ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina, em busca do hexacampeonato, a exemplo do Estadual. A estreia será na terça-feira, contra Itapiranga, às 18 horas, no Ginásio Municipal de Barreiros, em São José, na Grande Florianópolis. A atual campeã da competição está na chave A, onde também terá Caçador como adversária nesta primeira fase. Esta partida acontecerá na quarta-feira, 16 horas, no mesmo ginásio. São quatro grupos no total e os primeiros garantem vaga nas semifinais previstas para ocorrer na quinta-feira.

O técnico André Donegá não poderá contar com todos os atletas que disputam a Superliga por conta do regulamento dos JASC. E ainda a mudança da bola, diferente da utilizada na Superliga. “É um campeonato difícil. Vamos ganhar ritmo e entrosamento no decorrer dos jogos. Mas vamos em busca do título, importante para nós, atletas e para cidade”, afirmou.

O retorno para Superliga será apenas no dia 5 de dezembro (domingo), quando a APAN/Eleva recebe o Brasília Vôlei, às 19 horas, no ginásio do Galegão. Depois mais dois desafios fora de casa: Sesi (dia 12) e o Vôlei Funvic Natal (dia 15).

Fonte: Informe Comunicação

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta