Acib inicia reuniões com candidatos. O primeiro foi João Paulo Kleinübing

Foto: reprodução

Nesta segunda-feira, 28, a Acib deu início a uma série de reuniões entre Diretoria e Conselhos Fiscal e Deliberativo e os candidatos a prefeito de Blumenau nas eleições de 2020. O primeiro a participar foi o candidato do Democratas, João Paulo Kleinübing (DEM). Ele destacou os compromissos de não usar o fundo eleitoral e não permitir o chamado “Caixa 2” na campanha. Além disso, garantiu que, se eleito, permanecerá no cargo de prefeito durante os quatro anos de mandato.

Outras propostas apresentadas por Kleinübing com foco no setor empresarial foram: simplificação de processos, revisão de legislações e redução da burocracia na Prefeitura. “Estamos vendo empresas deixando Blumenau e esta é uma situação que precisamos frear. As empresas vão embora, mas os funcionários muitas vezes ficam aqui e precisam da estrutura do Município. A experiência de Ronaldo Baumgarten será fundamental para isso”, apontou, ressaltando o compromisso de redução da estrutura da Prefeitura e otimização dos resultados. A intenção, segundo o candidato, é de reduzir pela metade o número de secretarias municipais. Além disso, entre suas propostas indicou o avanço tecnológico na Prefeitura para acompanhar medidas de desempenho, fortalecimento da parceria com Osblu e o projeto de uma cidade que seja convergente para todos os moradores.

João Paulo Kleinübing também citou a retomada do Blumenau 2050, projeto de longo prazo construído pela Prefeitura com a participação da sociedade que buscava dar um norte para o crescimento de Blumenau. Falou na necessidade de cobrar do Governo do Estado a conclusão da Via Expressa e se comprometeu em retomar o projeto da Margem Esquerda, além de ampliar praças e áreas de lazer. Também disse que retomará o projeto da ponte da Rua Rodolfo Freygang e trabalhará com o conceito de “Cidade de 15 minutos”, aproximando as funções que a cidade tem, com investimento em mobilidade e rediscussão do modelo de transporte público.

Todas as reuniões com os candidatos terão tempo limitado a 45 minutos, divididos entre apresentação do plano de governo com foco no segmento empresarial e perguntas dos conselheiros e diretores da Acib.

Fonte: Acib

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta