A posse dos presidentes do Banco do Brasil, Caixa e BNDES

Posse

O presidente Jair Bolsonaro dá posse nesta segunda-feira (07) aos presidentes dos bancos estatais do país, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e BNDES.

O Banco do Brasil quem assume é o economista Rubem Novaes, na Caixa, Pedro Guimarães e no BNDES Joaquim Levy, que já foi ministro da Fazenda no governo Dilma Rousseff.

MP

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, disse ao blog da Andréia Sadi que, nesta semana, “deve aparecer” uma medida provisória editada pelo governo contra fraudes na Previdência, com foco no INSS.

Ele disse que o presidente Jair Bolsonaro ainda não viu o texto da medida provisória – mas que a Casa Civil e a equipe econômica já o validaram e querem apresentá-lo ao presidente ainda nesta semana.

Aulas

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) sancionou uma alteração na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional que passa a permitir ao aluno faltar a uma aula ou deixar de fazer uma prova no dia em que sua religião não permitir.

De acordo com o texto, assinado por Bolsonaro e pelo ministro da Justiça, o ex-juiz federal Sergio Moro, o estudante de qualquer nível –infantil, fundamental, médio e superior– terá direito a “alternativas à aplicação de provas e à frequência a aulas realizadas em dia de guarda religiosa”.

Enem

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) afirmou que o novo coordenador do Enem, Murilo Resende, deve priorizar o ensino e não o que classificou como doutrinação de alunos em sala de aula. Resende foi escolhido pelo ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, para ser o diretor de Avaliação de Educação Básica, órgão responsável pelo Enem.

Ô loco bicho!

O apresentador Fausto Silva avaliou o cenário político atual e, sem citar nomes, falou sobre o “imbecil que está lá e não deveria estar”, durante o “Domingão do Faustão”, da Globo, exibido neste domingo (6).

“Na hora do Carnaval e da seleção, o brasileiro (e nós sabemos muito bem) é um povo que tem união, tem solidariedade, tem uma integração. Por que isso não acontece nas coisas sérias? Lutar por educação, saúde pública, contra a corrupção, contra a incompetência. O imbecil que está lá (e não deveria estar) pode até ser honesto, mas é um idiota que está ferrando com todo mundo”, disse.

Lula

Lula pode ser solto em 2019?

Advogados dizem acreditar que dificilmente a condenação do triplex venha a ser revertida pelas instâncias superiores, isto é, pelo STJ ou pelo STF.

“Nesses tribunais não se discute matéria de fato, se há prova do crime ou não há”, afirma João Paulo Martinelli.

A estratégia é reduzir sua pena e, com isso, mandá-lo para o regime semiaberto:

Martinelli não descarta que Lula consiga, eventualmente, uma redução da sua pena.

“É difícil falar em tendência, mas que é possível haver uma redução, é possível. O STJ pode entender que, no cálculo da pena, tenha havido algum erro da aplicação da lei”.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta