Três novos focos do mosquito Aedes aegypti são encontrados em Gaspar

Foto: Cinara Muller/PMG

Três focos do mosquito Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, febre amarela urbana, zika e da chikungunya, foram encontradas em Gaspar nos bairros Bela Vista (proximidades do Residencial Bela Vista), Belchior (proximidades do Ferro Velho Central) e Centro (proximidades do Djeizon Automóveis). Com estes, já são quatro o número de focos do mosquito encontrados na cidade esse ano.

Os focos foram encontrados em armadilhas montadas pela equipe de Agentes de Endemias e Pontos Estratégicos (que são cemitérios, ferros velhos, borracharias, material de construção, locais com acúmulo de água, depósito de recicláveis, floriculturas e etc).

Em todos os focos encontrados, a equipe de Combate às Endemias realiza uma delimitação de 300m dos locais onde os focos foram localizados e é realizada a vistoria das áreas próximas. Todas as residências e terrenos baldios também estão sendo vistoriados nesse raio para impedir a proliferação do mosquito.

Como funciona o Programa de Combate à Dengue na cidade?

O município conta com cinco Agentes de Combate à Dengue. Eles montam armadilhas a cada 100 imóveis ou 200 metros, tendo mais de 300 armadilhas espalhadas pela cidade. O controle dessas armadilhas é feito semanalmente e em pontos estratégicos a cada 14 dias.

A prevenção é a melhor forma de evitar o mosquito

Para a diretora de Vigilâncias em Saúde, Jicéli Petró, é fundamental que todo o cidadão faça a sua parte em prol ao combate a este mosquito, visto que o mesmo é causador de grandes endemias, podendo levar a morte. Cabe a cada um ser responsável pela limpeza de suas propriedades, evitando assim o acúmulo de água parada.

Cada um deve fazer a sua parte nessa luta. As principais medidas de prevenção e combate ao Aedes Aegypti são:

  • Manter bem tampado tonéis, caixas e barris de água;
  • Lavar semanalmente com água e sabão tanques utilizados para armazenar água;
  • Manter caixas d’agua bem fechadas;
  • Remover galhos e folhas de calhas;
  • Não deixar água acumulada sobre a laje;
  • Encher pratinhos de vasos com areia ate a borda ou lavá-los uma vez por semana;
  • Trocar água dos vasos e plantas aquáticas uma vez por semana;
  • Colocar lixos em sacos plásticos em lixeiras fechadas;
  • Fechar bem os sacos de lixo e não deixar ao alcance de animais;
  • Manter garrafas de vidro e latinhas de boca para baixo;
  • Acondicionar pneus em locais cobertos;
  • Fazer sempre manutenção de piscinas;
  • Tampar ralos;
  • Colocar areia nos cacos de vidro de muros ou cimento;
  • Não deixar água acumulada em folhas secas e tampinhas de garrafas;
  • Vasos sanitários externos devem ser tampados e verificados semanalmente;
  • Limpar sempre a bandeja do ar condicionado;
  • Lonas para cobrir materiais de construção devem estar sempre bem esticadas para não acumular água;
  • Catar sacos plásticos e lixo do quintal.

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta