Prazo para a reforma na CCJ, Guedes incomodado com o guru e a rejeição a Bolsonaro sobe

A reforma na CCJ

Felipe Francischini (PSL), presidente da CCJ da Câmara, afirmou que o mais “executável” é que a proposta de reforma da Previdência seja votada no colegiado por volta do dia 03 de abril.

Guedes incomodado com o guru

O ministro da Economia, Paulo Guedes, incomodado com o questionamento que o escritor Olavo de Carvalho fez em relação ao governo, questionou o guru (ou ex-guru) do bolsonarismo no jantar em homenagem a Jair Bolsonaro em Washington, na noite deste domingo (17).

Olavo afirmou que, se continuar assim, a administração de Bolsonaro não dura seis meses.

A pergunta de Guedes foi: “Por que o líder dispara contra a revolução que inspirou?”.

Rejeição a Bolsonaro sobe sete pontos

Pesquisa XP/Ipespe realizada entre 11 e 13 de março registra uma queda da aprovação de sete pontos percentuais de Jair Bolsonaro. Em menos de três meses no cargo, a avaliação positiva (ótimo e bom) do ex-capitão caiu de 40% para 37%. É o mais baixo índice de um presidente em começo de mandato.

Na outra ponta, o percentual daqueles que consideram seu governo ruim ou péssimo subiu de 17% para 24% no período. A avaliação “regular” manteve-se em 32%.

Também pioraram as expectativas dos eleitores em relação ao restante do mandato de Bolsonaro: 54% esperam uma gestão ótimo ou boa (o índice era de 63% em fevereiro). Subiu para 20% o percentual de quem projeta uma administração ruim ou péssima, ante 15% do levantamento anterior.

O levantamento do Ipespe encomendado pela corretora XP ouviu mil eleitores em todas as regiões do País. A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais.

Fonte: XP/Ipespe

Resumo do Brasil: Prazo para a reforma na CCJ, Guedes incomodado com o guru do bolsonarismo e a rejeição a Bolsonaro sobe.

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta