A falta da conscientização política

samae

Por Felipe Gabriel Schultze
Escritor

 

O julgamento moral que acontece no Brasil nos últimos tempos é enraizado pela intolerância e, sobretudo, pela falta de informação.  A cultura do ódio já fez o país retroceder no que tange aos direitos fundamentais, sociais e humanos.

É através da educação para a cidadania que podemos sobreviver com inteligência na tempestade em que estamos vivendo.  De acordo com Norberto Bobbio, somente a educação política dá aos trabalhadores a real consciência política e os colocam como agentes transformadores da sociedade.

Paulo Freire, por sua vez afirma que necessitávamos de uma educação para a decisão e para a responsabilidade social e política.  De acordo com Arroyo, uma concepção de cidadão enquanto sujeito político exige uma revisão profunda na relação tradicional entre educação e cidadania.

Devemos agir para que a informação e a cultura chegue ao cidadão através da disponibilização de instrumentos que lhe permita assimilar os debates políticos que acontecem no país.

O país necessita, antes de tudo, de maior compreensão sobre os fatos debatidos antes de entrar em uma discussão qualquer, já que, como afirmou José Saramago: “Acabaram os tempos de conformação”.

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments

2 Comentário

  1. Escritor?

    Não entendi nada do seu texto, aliás, o senhor não disse nada, mesmo.

    Escritor? Com esse português sofrível? Com erro de concordância?

    Se o senhor é escritor, eu sou Doutor em Física Quântica, mas nem sei o que isso é.

    Alcino Carrancho

    (O Sábio)

  2. “somente a educação política dá aos trabalhadores a real consciência política e os colocam como agentes transformadores da sociedade.”

    Como o senhor deverá estar me xingando até agora, sem descobrir onde errou, aqui vai:
    “educação política” é o sujeito da oração!

    Não entendeu, ainda???
    Desisto!

    Alcino Carrancho
    (Doutor Em Física Quântica, ahahahahahah)

Deixe uma resposta