Vereador Bruno Cunha elogia Napoleão e dá indiretas para Mário Hildebrandt

Foto: Lucas Prudêncio | Imprensa CMB

Esses dias o colega Carlos Tonet, com seu estilo irônico, disse que o vereador Bruno Cunha (PSB) estava sofrendo um processo de “Jovinização”, uma brincadeira para dizer que o jovem parlamentar estava atirando para todos os lados contra a Prefeitura.

Brincadeira a parte, é fato que Bruno Cunha passou para a trincheira da oposição e tem usado seus espaços para fazer fortes críticas a administração Mário Hildebrandt, hoje sem partido. Até dezembro, os dois pertenciam ao PSB.

Na última sessão da Câmara, na quinta-feira, 07, Bruno mais uma vez pegou pesado.

Mandou um recado para os “tucanos”, mas para chegar em outros ouvidos.

“O prefeito Napoleão Bernardes nunca fez diferenciação na hora de analisar projetos…sempre atendeu os projetos não em cima de autoria, mas em cima de conteúdos…não só ele, a chefia de Gabinete quando era Marco Antônio Wanrowsky também…”

“Quero fazer um registro, que temos um ótimo líder de Governo ( referindo-se a Alexandre Matias (PSDB))…tenho certeza que vai me ajudar a levar os meus projetos adiante”, dando a entender que a Prefeitura estava sentando em cima de projetos dele, referindo a um anteprojeto sobre a grafitagem e também sobre o projeto aprovado em dezembro por todos os vereadores, de fogos de artificio silenciosos em eventos públicos municipais.

“Faço questão de fazer este registro sobre o ex-prefeito Napoleão Bernardes, que sempre se portou de forma democrática, de forma republicana e é motivo de orgulho para vocês vereadores do PSDB, assim deve ser o posicionamento que um homem público deve ter…”

“Inclusive falando no prefeito de Napoleão, aí não chamo ele de ex-prefeito e sim prefeito, pois para mim ele é prefeito, pois ele foi eleito, é bom que o pessoal do terceiro andar da Prefeitura ouça isso..o prefeito eleito pela população de Blumenau, para o mandato 2017,2018, 2019 e 2020 foi Napoleão Bernardes e quero deixar bem claro.”

Bruno lembrou sua postura em defesa da candidatura do tucano a vice-governador na última eleição: “Eu não assumi uma outra candidatura depois do primeiro turno”, mais uma indireta ao prefeito Mário Hildebrandt que declarou apoio a chapa que tinha João Paulo Kleinübing (DEM) no segundo turno.

Confira a fala do vereador, que começa a esquentar pelos quatro minutos:

 

 

 

 

1 Comentário

Deixe uma resposta