Resposta ao pedido de informações sobre contrato da Blumob deve chegar na Câmara nesta semana

samae
Foto: Marcelo Martins / SECOM Prefeitura de Blumenau

Quase três meses depois do pedido ser protocolado, finalmente nesta semana o requerimento formalizado pelo vereador Bruno Cunha (PSB) no dia 24 de agosto, será devolvido ao Legislativo na sessão desta terça ou no máximo de quinta. Cunha solicitou uma série de informações sobre o contrato da Blumob, quando ainda se discutia a criação de uma CPI por uma suposta quebra de contrato da empresa que presta o serviço de transporte coletivo de Blumenau.

E olha que Bruno Cunha é da base governista.

O requerimento é o seguinte.

” Providências ao Executivo Municipal/Serviço Autônomo Municipal de Trânsito e Transportes de Blumenau para que, que responda ao seguinte pedido de informações: Em que situação se encontra o processo de realização da pintura dos ônibus da rede municipal, visto que o Edital de Concorrência nº 38/2016 previa realização do ato em 80 dias, o qual expirou? Aproveita-se o ensejo para constar que o montante aproximado de R$ 1.440.000,00 (um milhão e quatrocentos e quarenta mil reais) eram previstos para a consumação do ato, e esta quantia não foi remetida para os devidos fins pelo Executivo. Portanto, ainda questiona-se: qual será o direcionamento destes valores?”

A questão praticamente já morreu, a proposta da Blumob para a não pintura da metade da frota antiga – prevista em contrato – foi aceita pelo Seterb.

Mas quase noventa dias para responder um questionamento desses parece falta de respeito do executivo com o Parlamento.

Ou sou só eu que penso assim?

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments

1 Comentário

  1. Todos pensamos assim Alexandre .

    Este contrato entre o executivo e a Piracicabana ( Blumob) tem muito a ser descoberto , por isso que não querem a CPI .

    Os vereadores tem até medo de falar sobre CPI do transporte público , não todos, só os subservientes do executivo.

Deixe uma resposta