Novo presidente da FIESC defende internacionalização, inovação e infraestrutura

Os temas da manchete foram prioritários no discursos do novo presidente da FIESC, o industrial Mario Cezar de Aguiar, que tomou posse na sexta-feira, no lugar de  Glauco José Côrte.

“Além de manter o plano estratégico vigente, concentraremos esforços no incentivo à internacionalização de nossas indústrias e na ampliação da agenda de inovação, com acesso às novas tecnologias e inserção de nossas empresas na Indústria 4.0. Indústrias mais inovadoras e internacionalizadas são mais competitivas frente às novas exigências da economia global”, afirmou Aguiar.

“Para o país avançar de maneira sustentável, precisamos migrar de um sistema de desenvolvimento baseado no simples incentivo ao consumo, para um modelo focado nos investimentos. Isso só será possível com o aumento da confiança do empresário. A confiança, por sua vez, depende de um ambiente de segurança jurídica, estabilidade política e ações do Governo para a implantação das reformas estruturantes”, defendeu, chamando a atenção a urgência das reformas, especialmente a da previdência. “Ela é imprescindível para garantir saúde às contas públicas”, completou.

Em seu discurso, Aguiar disse que no campo tributário o Brasil convive com um sistema burocrático que gera ineficiência e prejudica o investimento, a produção, as exportações e a geração de emprego. “Precisamos acabar com a guerra fiscal e, sobretudo, promover a isonomia entre os estados. Nosso país é injusto, porém eficiente no momento de arrecadar. E é injusto e ineficiente na distribuição dos recursos”, afirmou, observando que na área trabalhista é necessário consolidar a recente modernização da legislação.

Sobre

Mario Cezar de Aguiar é empresário do setor da construção civil, primeiro vice-presidente da FIESC e presidente da Câmara de Assuntos de Transporte e Logística da entidade. Formou-se em engenharia civil pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), é especialista em construção civil pela FURB, em marketing pela Univille e em gestão empresarial pela Pensylvania State University, além de ser professor licenciado do curso de engenharia civil da Udesc. Atua na área da construção e incorporação imobiliária desde 1981. É sócio das empresas Vectra Participações e Construções, Vectrapar Construções e Empreendimentos e Êxito Empreendimentos e Construções. Já presidiu a Associação Empresarial de Joinville (ACIJ), o Sinduscon de Joinville por duas oportunidades e a Câmara Estadual da Indústria e Construção. Também fundou e presidiu o Serviço Social da Construção Civil de Joinville (Seconci), foi conselheiro da Usimed e da Unisociesc. É conselheiro do Instituto Core e membro do Conselho do Centro de Engenheiros e Arquitetos de Joinville.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta