A nova estrutura administrativa da Prefeitura

.

Publicidade camara_blu_hz

Com a criação da Controladoria Geral do Município e a mudança de posto de Mário Hildebrandt, a Prefeitura enviou um projeto para a Câmara – que foi aprovado na ultima terça-feira-, reestruturando o Gabinete do Prefeito, extinguindo os cargos do Gabinete do Vice e relocando cargos para a nova Controladoria.

A parte boa é que não há criação de novos cargos. A parte ruim é que os sete cargos comissionados do Gabinete permanecem, agora relocados.

O Gabinete do Prefeito conta agora com 18 cargos de confiança. Eram 15 na gestão Napoleão Bernardes. Saiu uma função de assessor especial, CC2, entraram três gerentes, CC3, e um assessor operacional, CC4. A alegação deste crescimento é para manter o atendimento comunitário que era feito no Gabinete do Vice.

Já na Controladoria, são seis cargos. O de Controlador, CC 1, dois diretores e três gerentes.  Os cargos de gerentes vieram das Secretarias de Gestão Governamental, Administração e Saúde. Os diretores existiam no Gabinete do Vice. E a assessoria especial do Gabinete do Prefeito, somada a uma gerência do Gabinete do Vice, equivaleriam ao cargo de Controlador.

Na antiga estrutura do Gabinete do vice, haviam dois diretores, quatro gerentes e um assessor operacional.

As alterações não aconteceram necessariamente neste sentido, apenas fiz isso para simplificar o entendimento, apesar de parecer confuso.

De qualquer maneira, mostra o remanejamento interno da administração Mário Hildebrandt.

2 Comentário

  1. Cargos comissionados , moeda de troca , mas infelizmente o cofrinho é nosso .

Deixe uma resposta