Morte do seu Zé ganha visibilidade por causa do cachorro Nikki

.

Publicidade camara_blu_hz
Foto: Danubia de Souza/arquivo

A morte de José Carlos, o seu Zé,  morador de rua, ganhou visibilidade por causa de um cachorro.

E traz muitos elementos para a reflexão. Ele vivia no entorno da FURB, na Rua Antônio da Veiga e na Rua São Paulo, há cerca de dois anos.

Seu Zé morreu neste sábado.

Quantas pessoas ouviram falar dele? E quantas se preocuparam?

Mas a história dele, com a cachorro Nikki, gerou repercussão nas redes sociais, com os protetores independentes de animais – fazendo sua parte, diga-se de passagem, para buscar um lar novo para o cãozinho. E rapidamente, no engajamento das redes sociais na Internet, Nikki ganhou uma nova dona, uma nova família.

Muita gente se envolveu.

Uma história bacana, inspiradora.

Nikki ganhou nova família, oportunidade que “seu Zé” não conseguiu ou não quis.

Morador de rua, ganhou notoriedade pelo cachorro.

A Prefeitura de Blumenau, com as limitações jurídicas que tem, diz:

“tentamos diversas vezes convencer ele a sair da rua e ir para nosso Abrigo Municipal, até mesmo com seu cachorro. Infelizmente ele não queria ir por opção pessoal. Ninguém merece estar na rua, este não é o lugar de nenhuma pessoa. Ajude a Semudes a convencer pessoas com o seu Zé a ter um futuro. Não dê esmola, proporcione um futuro.”

 

1 Comentário

  1. Cachorrinho muito amigável. Eu o “cumprimentei” várias vezes.

    Espero que seja muito feliz e leve muita felicidade a quem o adotou.

    Parabéns aos envolvidos.

    O meu irmão mais experiente, morador na África do Sul, diz que os animais, quando NOS ADOTAM, tornam-se os nossos VERDADEIROS amigos, pois os nossos “amigos” nos obrigam a andar sempre com um molho de chaves no bolso.

    Seu Zé: descanse em paz!

Deixe uma resposta